Corinthians tenta acelerar chegada de Nilmar

Corinthians tenta acelerar chegada de Nilmar

Por Larissa Emanuelle

O Timão entende que é preciso trazer mais atacantes

O Timão entende que é preciso trazer mais atacantes

A necessidade de contratar um novo atacante Corinthiano é novamente o tema do Timão no momento. Com a possível saída de Romarinho para o futebol estrangeiro, a diretoria alvinegra tentará acelerar a negociação com Nilmar, que negocia sua volta ao clube.

Mesmo com o interesse de concretizar a negociação, o Timão não pretende fazer loucuras e pagar um salário de R$ 600 mil, além de incluir luvas, é uma opção descartada. Os dirigentes tentarão baixar a pedida do empresário do atleta, Orlando da Hora, que não deve ceder com facilidade.

O técnico Mano Menezes já pedia a contratação de um novo jogador para o setor ofensivo quando imaginou que Guerrero e Romero poderiam ser convocados por suas respectivas seleções, desfalcando o Corinthians por algumas partidas. Apesar de que Romero não foi chamado, o centroavante servirá a seleção peruana, o que reforça ainda mais o pedido do técnico.

No momento, o Corinthians ainda conta com Romarinho, Ángel Romero, Luciano, Malcom e Guerrero no ataque. O primeiro, no entanto, tem proposta para sair, enquanto o último também foi sondado por clubes ingleses

Veja Mais:

  • Timão não aceitou arcar com salários de Lauder durante período de empréstimo

    Corinthians barra empréstimo de atacante, que pode ficar sem jogar

    ver detalhes
  • Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    [Marco Bello] Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    ver detalhes
  • Pedrinho, à direita, está na mira de Barcelona, Atlético de Madrid e Chelsea

    Trio europeu monitora Pedrinho; agente aposta em multa de R$ 68 mi para mantê-lo no Corinthians

    ver detalhes
  • Del'Amore é um dos destaques do Corinthians na Copinha-2017

    Zagueiro do Corinthians com ascendência italiana é sondado pela Lazio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes