Após desistência oficial do Corinthians, Internacional prepara última cartada por Nilmar

Após desistência oficial do Corinthians, Internacional prepara última cartada por Nilmar

Por Meu Timão

Nilmar pode ir para o Internacional após desistência oficial do Timão

Nilmar pode ir para o Internacional após desistência oficial do Timão

Foto: Divulgação

O atacante Nilmar segue em Porto Alegre enquanto espera uma decisão sobre seu futuro. O Corinthians, que manifestou o desejo pelo atleta, desistiu do negócio no final de semana.

Se por um lado uma porta se fechou, a porta vermelha do Internacional parece entreaberta. O clube gaúcho continua acompanhando a situação e, se houver alguma chance, vai investir para ter o atleta de volta. O clube já prepara o envio de uma proposta oficial.

- Se houver uma mínima chance, vamos fazer o possível para ter o jogador - afirmou Roberto Melo à Rádio Gaúcha, no último final de semana.

O jogador, que conseguiu resolver a pendência que tinha com o El Jaish, do Catar, pode criar vínculo com outra equipe. O principal entrave, assim como na negociação com o Timão, é o dinheiro.

O discurso da diretoria colorada é que a equipe não fará loucuras. A expectativa é de saber se o empresário do jogador, Orlando da Hora, fará o mesmo jogo duro que fez com a equipe de Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Fausto Bittar Filho era diretor da base da Corinthians

    Ex-diretor da base fala ao Meu Timão: 'Só peço que não retroceda o que estava sendo feito'

    ver detalhes
  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Corinthians fez a alegria em dia de treino da Seleção Brasileira

    Garoto rouba cena e manda ‘Vai, Corinthians’ para Casemiro em treino da Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes