Mano Menezes fecha o treino e faz mistério antes do clássico

Mano Menezes fecha o treino e faz mistério antes do clássico

Por Meu Timão

Treino do Corinthians teve mistério antes do clássico

Treino do Corinthians teve mistério antes do clássico

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

No sábado de hoje o Corinthians realizou o último treino antes do clássico contra o São Paulo - o primeiro clássico Majestoso da Arena Corinthians. O treinador preferiu bloquear o acesso à imprensa e só liberou a entrada dos repórteres após o fim das atividades.

Mano Menezes manteve mistério sobre o time que irá entrar em campo no domingo, para enfrentar o time rival comandado por Muricy Ramalho. Após o treino tático, somente alguns reservas ficaram em campo para o final do treinamento.

As maiores especulações estão no meio campo e ataque - Renato Augusto parece confirmado, mas há disputa de posição entre Lodeiro e Bruno Henrique. No ataque, as informações dão conta que Malcom deve fazer dupla com Guerrero.

O time corintiano ficou concentrado no CT após o treino, e segue amanhã para a Arena Corinthians. A escalação provável é Cássio, Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos, na defesa; no meio campo a escalação provável conta com Ralf, Elias, Lodeiro (ou Bruno Henrique) e Renato Augusto; no ataque Malcom e Guerrero.

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes