Saída de Mano e possível Libertadores reabrem as portas para Sheik no Corinthians

Saída de Mano e possível Libertadores reabrem as portas para Sheik no Corinthians

Por Meu Timão

Sheik tem apoio de jogadores para voltar ao Corinthians

Sheik tem apoio de jogadores para voltar ao Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Dispensado do Botafogo, onde cumpria contrato de empréstimo, Sheik ainda pertence ao Timão. Por enquanto, o jogador treina por conta própria em uma academia no Rio de Janeiro, mas deverá se reapresentar no Parque São Jorge no início de janeiro.

O jogador, que tem conhecida divergência com o treinador Mano Menezes, deve ser reintegrado ao elenco com a saída do treinador, em dezembro de 2015. Enquanto a definição sobre o novo técnico não vem, o destino do atacante também é mistério.

Mas dentro do clube não há dúvidas que, pelo menos o elenco, espera o craque de volta. Sheik é querido pelos companheiros e visto como um jogador importante para o time - especialmente se o Corinthians conseguir a classificação para a Libertadores.

Na competição, a participação de Sheik foi fundamental para o título de 2012. O contrato do jogador de 36 anos com o Timão vai até julho de 2015. Por isso, a volta de Emerson é mais um tema que aguarda as definições do Brasileirão para ser decidido.

Veja Mais:

  • Com Jô, Timão tenta avançar à próxima fase da Sul-Americana

    Vale vaga! Corinthians confirma escalação para partida contra o Racing

    ver detalhes
  • Em Itaquera, Corinthians e Racing ficaram no empate

    Saiba como assistir ao duelo decisivo do Corinthians pela Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Corinthians encara o Racing com seu segundo uniforme, nesta quarta

    Conmebol divulga imagens de uniformes de Corinthians e Racing nesta quarta

    ver detalhes
  • Empresário e conselheiro do Timão, Osmar Stabile oficializa candidatura para presidência do clube

    Empresário oficializa candidatura e entra na briga pela presidência do Corinthians; veja vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes