Diretoria financeira do Coringão quer estabelecer um teto salarial para o novo treinador

Diretoria financeira do Coringão quer estabelecer um teto salarial para o novo treinador

Por Meu Timão

Diretor financeiro do Coringão é contra a vinda de Tite

Diretor financeiro do Coringão é contra a vinda de Tite

O Corinthians teve um déficit de R$ 46 milhões de reais no ano de 2014 e, por isso, o diretor financeiro do alvinegro, Raul Correa, é contra a ideia de Tite ou Oswaldo de Oliveira serem contratados para o lugar de Mano Menezes.

- Eu acho que devemos criar um teto salarial para técnico. Não dá para continuar pagando os valores atuais - diz Correa, citando os R$ 600 mil de Mano.

Se dependesse apenas do diretor financeiro, o Corinthians gastaria até R$ 300 mil mensais.

- Teremos um 2015 bem complicado, no ponto de vista financeiro. Então, se eu fosse o presidente, não gastaria mais do que R$ 250 mil ou R$ 300 mil com o treinador - justifica.

As dificuldades estão ligadas aos custos com a Arena. O clube tem que pagar R$ 100 milhões em julho do ano que vem e, ainda, precisa contratar algumas peças para a temporada de 2015.

- Investimos mais de R$ 100 milhões em jogadores nos últimos dois anos. Agora, é hora de aproveitar aqueles que temos aqui e acreditar na base - avalia.

Correa também considera uma loucura, na ótica de um homem das finanças, pagar mais de R$ 10 milhões apenas com luvas para prorrogar o contrato do peruano Guerrero. As declarações foram dadas ao jornalista Jorge Nicola, do Yahoo e do Diário de S. Paulo.

- Mas, como torcedor, acho que o Guerrero tem que continuar no Corinthians - ressalta o diretor, que ajudou na fundação das organizadas Gaviões da Fiel e Camisa 12.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes