Remuneração de Guerrero no Corinthians seria semelhante a de Drogba no Chelsea

Remuneração de Guerrero no Corinthians seria semelhante a de Drogba no Chelsea

Por Meu Timão

39 mil visualizações 251 comentários Comunicar erro

Salário de Drogba é de aproximadamente R$1 milhão por mês

Salário de Drogba é de aproximadamente R$1 milhão por mês

Em meio as negociações de renovação de contrato de Paolo Guerrero para a próxima temporada, números começam a ser divulgados sobre os possíveis valores de salários e luvas, e o que assusta a torcida corinthiana, é que somando tudo, a remuneração oferecida pela diretoria do Timão ao peruano, fica parecida com quanto ganham craques que jogam no futebol europeu.

A última proposta recusada por Paolo Guerrero incluia luvas de US$ 6 milhões, além de um salário de R$ 500 mil, por um período de três anos de contrato, totalizando R$33.54 milhões de reais gastos em 36 meses, média de R$11.18 milhões ao ano, aproximadamente R$931 mil reais por mês.

Para se aproximar a uma proposta que teria vindo da China, a luva exigida por Paolo Guerrero é de US$ 7 milhões (R$16.13 milhões), o que somando com o salário, ficaria um total de R$36.13 milhões, cerca de R$1 milhão de reais investidos mensalmente para contar com o jogador.

A remuneração anual é compatível com o que, por exemplo, o Chelsea investiu pra contar com Didier Drogba por uma temporada: R$12 milhões por ano. Outros conhecidos que faturam aproximadamente R$1 milhão de reais por mês são o atacante Pedro, do Barcelona e o meia francês Flamini, do Arsenal.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes