Andrés Sanchez se reunirá com a Unimed para tentar trazer Darío Conca

Andrés Sanchez se reunirá com a Unimed para tentar trazer Darío Conca

Por Larissa Emanuelle

Conca está na mira do Corinthians para 2015

Conca está na mira do Corinthians para 2015

Assim como interferiu na negociação envolvendo o meia-atacante Dudu, o ex-presidente do Timão, Andrés Sanchez, deve tentar trazer mais um reforço para o Coringão nesta temporada: o argentino Conca.

Segundo o diário Lance!, na tarde desta quarta-feira (07) Andrés se reunirá com a Unimed para fechar alguns destalhes com a empresa, que possui 80% dos direitos econômicos do meia. O ex-dirigente alvinegro também deve procurar o Fluminense, clube onde o jogador está atualmente e que possui 20% restantes se deus direitos, para tentar um acordo.

No momento, o Corinthians oferece um valor em torno de R$ 4 à 5 milhões pelo jogador, para ter 50% dos direitos econômicos do mesmo. Ainda segundo o jornal, Conca já deu seu sinal de positivo para reforçar o Timão, que pode pagar R$ 500 mil de salário, além de R$ 250 mil que continuariam sendo pagos pela Unimed.

Caso o desfecho da negociação seja positivo, a ideia da diretoria Corinthiana é liberar o meia Jadson, que interessa ao Flamengo, e pode ser vendido. O Timão poderia oferecer o camisa 10 ao tricolor carioca para facilitar a negociação, mas o clube não aceita o envolvimento de outros jogadores.

Veja Mais:

  • Camisa que será usada na noite desta quarta-feira

    Corinthians divulga imagem do uniforme que será usado contra Palmeiras; confira

    ver detalhes
  • Com Balbuena e Pablo na defesa, Timão tenta derrotar arquirrival dentro de seus domínios

    Corinthians volta à Arena em primeiro teste de Carille contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes
  • Bandeiras de mastro na Arena Corinthians

    'O melhor treino para o maior clássico do mundo', por Bruno Teixeira Rolo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes