Ralf se assusta com tiroteio a poucos quilômetros do hotel do Timão

Ralf se assusta com tiroteio a poucos quilômetros do hotel do Timão

Por Meu Timão

Ralf em entrevista após a vitória contra o Bayer Leverkusen

Ralf em entrevista após a vitória contra o Bayer Leverkusen

Foto: Meu Timão

Enquanto o Corinthians jogava contra o Bayer Leverkusen, na Florida, nos Estados Unidos, um tiroteio a poucos quilômetros de onde o Timão estava hospedado em Orlando, deixou dois mortos e um ferido,

Um atirador, entrou num centro comercial e abriu fogo contra o público. O episódio acabou com 2 mortos, incluindo o atirador, e 1 ferido. Ralf que não tinha nada a ver com isso, e só queria poder passear no seu último dia em Orlando, antes de voltar ao Brasil e tomou um susto quando ouviu falar do caso.

- Aí é complicado. - disse Ralf, assustado, ao saber da notícia pela imprensa brasileira. - Melhor pagar pra alguém buscar uns iphones pra gente - brincou o volante.

Depois de 10 dias trabalhando, e após a vitória contra o time mais difícil da competição, a expectativa dos jogadores era de aproveitar o dia de domingo, antes da saída da delegação no voo que sai às 22 horas de Orlando.

- Tem que aproveitar um pouquinho, foram 10 dias só trabalhando - completou o volante.

O Corinthians chega no Brasil na segunda-feira, às 11 da manhã. Depois disso os atletas já continuam na sequência de trabalhos de recuperação física.

Veja Mais:

  • Jogo do Corinthians contra o Grêmio será transmitido para 13 estados do Brasil

    TV Globo exibe Corinthians e Grêmio para 13 estados do Brasil; confira

    ver detalhes
  • Corinthians vem de boa vitória no Brasileirão

    Corinthians pode se isolar na liderança e aumentar distância do G6; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes