Emerson Sheik lamenta sobre Guerrero: 'faz uma falta absurda'

Emerson Sheik lamenta sobre Guerrero: 'faz uma falta absurda'

3.6 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Sheik lamentou a ausência do seu companheiro de ataque

Sheik lamentou a ausência do seu companheiro de ataque

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians já sabe que tem um desfalque garantido para os dois próximos jogos na Libertadores. Paolo Guerrero, suspenso por três partidas pela expulsão no primeiro jogo contra o Once Caldas, não enfrenta o São Paulo e o San Lorenzo. Um dos principais jogadores do Timão na competição, Emerson Sheik lamentou sobre a ausência da sua dupla de ataque, mas garantiu que o técnico Tite saberá como resolver a situação da melhor maneira possível.

"É um jogador diferente, que para o esquema tático do time ele faz uma falta absurda, além de ser um goleador, um cara que tem um poder decisivo muito grande. Vai fazer falta, mas o grupo é qualificado e tem jogadores de nível alto que também podem substituir o Guerrero. O Tite deve ganhar bem para resolver essa situação. Mas sempre com maestria ele vai definir a equipe certa, com a ausência do Guerrero", declarou, logo após o empate por 1 a 1 contra o Once Caldas, em Manizales, na Colômbia.

Com a classificação, o Corinthians já enfrenta o São Paulo, em um confronto inédito na história da Libertadores, na quarta-feira de cinzas, às 22h, na Arena Corinthians. Além da equipe brasileiro, o Timão terá pela frente o San Lorenzo (ARG) e o Danubio (URU).

Para a partida com um dos principais rivais, Emerson Sheik pediu paz entre os torcedores. O pedido, que também foi feito pelo técnico Tite, é reflexo ainda das confusões envolvendo torcedores e PM no clássico contra o Palmeiras, no domingo passado, no Allianz Parque.

"Que privilégio para nós atletas poder participar de um jogo como esse. Espero que seja um jogo histórico, que realmente o melhor possa vencer, que o torcedor possa comparecer e prestigiar de uma forma civilizada e que também possa voltar para casa de forma segura. Que não exista violência", pediu o atacante.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel ainda não definiu qual será o seu destino em 2019

    De volta ao Corinthians, Marquinhos Gabriel desperta interesse de mais três clubes

    ver detalhes
  • Jonathas não é mais jogador do Corinthians

    Corinthians devolve Jonathas ao Hannover e antecipa fim do empréstimo

    ver detalhes
  • Corinthians agora pode perder Romero de graça após o meio do ano

    Livre para firmar pré-contrato, Romero segue com futuro indefinido no Corinthians; relembre situação

    ver detalhes
  • Manoel chegou em São Paulo na tarde desta terça-feira

    Manoel desembarca para assinar e mostra ansiedade em vestir a camisa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes