Timão 2015 supera início da campanha vitoriosa de 2012

Timão 2015 supera início da campanha vitoriosa de 2012

Por Meu Timão

Timão 2015 tem início superior ao time de 2012

Timão 2015 tem início superior ao time de 2012

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Tite é um dos responsáveis pela conquista dos maiores títulos da história do Corinthians. Em 2012, a conquista inédita da Libertadores, além do Mundial, marcou a vida do torcedor alvinegro. De volta em 2015, Tite carrega a difícil missão de manter o bom nível já atingido.

O começo deste ano tem mostrado números superiores aos da campanha vitoriosa de 2012. Em 2015, são 14 partidas oficiais, sendo elas 11 vitórias e três empates. Já em 2012, no mesmo período, foram dez vitórias, três empates e uma derrota. No ano que o Corinthians foi campeão invicto da Libertadores, o clube encerrou o primeiro turno da fase de grupos com apenas cinco pontos. Hoje, o time já soma nove, após três vitórias.

Além da diferença de pontos garantidos nas duas temporadas, o Corinthians de 2015 também é superior no número de gols marcados, com 24 nesta temporada contra 18 em 2012. A defesa, característica marcante nas equipes de Tite, mostra-se ainda melhor, com apenas quatro gols sofridos neste ano contra seis há três anos.

A boa fase do Timão foi definida pelo técnico como "equilíbiro", e o favoritismo não influencia no seu comando e nas atitudes dos jogadores em campo. A vitória por 2 a 1 conquistada sobre o Danubio, no Uruguai, garantiu ao Corinthians a permanência na liderança do grupo 2 da Libertadores. Após três vitórias, o "grupo da morte" já não assusta tanto assim o time do Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes