Sheik sobre gramado da 'Arena' Capivari: 'Lamentável'

Sheik sobre gramado da 'Arena' Capivari: 'Lamentável'

Apesar do gramado, Sheik marcou o seu gol contra o Capivariano

Apesar do gramado, Sheik marcou o seu gol contra o Capivariano

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians venceu o Capivariano por 3 a 2 nesse domingo e se manteve invicto no Campeonato Paulista. Entretanto, o placar não reflete a dificuldade que os jogadores do Timão encontraram na "Arena" Capivari, como é conhecido o estádio.

As condições do gramado eram péssimas e em vários pontos do campo era possível encontrar poças de lama. A situação incomodou o atacante Emerson Sheik, dono do primeiro gol da partida desse domingo.

"Lamentável. Tantos outros campos que podem atender e é uma pena por que o Corinthians vem disputando competições importantes, então, fora o desgaste físico, o risco de se machucar já existe por conta do esporte num todo, por ter um contato e um campo nessas condições, a situação fica ainda pior", declarou o jogador.

"Os responsáveis precisam rever tudo isso por que antes do atleta tem um ser humano", completou.

Além do gramado, o Corinthians também enfrenta um grande adversário: a sequência de jogos no Paulistão. São mais três nos próximos sete dias.

"Tem mais três jogos, faz parte, é óbvio que o Tite vai revezar. Temos elenco para isso. De qualquer forma é cansativo", lamentou Sheik.

"É um privilégio de poucos clubes no futebol nacional ter um grupo de atletas que consiga dar conta dessa maratona. O Corinthians talvez seja um dos poucos que podem desfrutar disso. O que é ruim para um é ruim para todos", finalizou.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes