Tite avalia temporada atual e ressalta 'seriedade' contra o Danubio

Tite avalia temporada atual e ressalta 'seriedade' contra o Danubio

Por Meu Timão

O técnico Tite já definiu a equipe que vai a campo contra o Danubio, pela Libertadores

O técnico Tite já definiu a equipe que vai a campo contra o Danubio, pela Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em meio à preparação para o jogo contra o Danubio (URU), o Timão treinou com força máxima nesta tarde na Arena Corinthians. Após a atividade, Tite conversou com os jornalistas na sala de imprensa do estádio e comentou sobre alguns assuntos que estão em pauta no Timão.

Demonstrando seriedade e respeito ao adversário uruguaio, o treinador afirmou que nenhum time do chamado ‘grupo da morte’ já carimbou seu passaporte para a próxima fase da competição. “Ninguém de nós está classificado, vamos até o final”, afirmou o comandante.

Confira tudo o que Tite falou na coletiva desta terça-feira

Seriedade

Quem tem experiência maior no futebol, sabe que as coisas não são assim. É repetir desempenho, com grau de responsabilidade grande, último campeão uruguaio.
Ninguém de nós está classificado, vamos até o final.
Me falaram que pode terminar as três equipes com 12 pontos. Não acredito, mas pode acontecer.

Vantagem

Humanamente, claro que sim. Não adianta querer mentir, vai saber o resultado. Se precisar de uma vitória, nos últimos 15 minutos vai acelerar. Mas se o resultado já der uma classificação, vai buscar o melhor. É um desequilíbrio, está a nosso favor, mas errado.

Amadurecimento

O crescimento da equipe, a gente correu muito risco no início do ano, mas em contrapartida se fortaleceu. Os dois jogos contra o Once Caldas, uma responsabilidade muito grande. A gente correu um sério risco de ficar fora da Libertadores e comprometer o ano todo. Mas a equipe se fortaleceu em cima de um momento difícil.

Competitividade

Classificação tem de vir jogando bem, senão é ‘bala juquinha’. Tem de ter mérito. Não sou de falar joga pelo resultado. A audiência de vocês é medida, mas antes a qualidade. Senão não vai ter audiência. Não adianta fazer ponto e não jogar bem, senão perde lá na frente. Por isso bato tanto em desempenho.

Pós-maratona

Nos reunimos antes do treino, é praxe fazer com integrantes do departamento médico, físico, vimos que tipo de trabalho fazer hoje. O Fábio (Mahseredjian, preparador físico) estava feliz, uma série de atletas que jogaram, tem de dar uma segurada, ser mais conservador, para o pessoal estar com energia para o jogo.

Ápice

Não acredito em atingir um ponto máximo antes. Futebol é coletivo, não individual. Futebol você não programa ápice. Futebol você estabelece padrão, e não pico.

Análise

Em termos táticos também. Por isso falo para pegar média, e não ponto mais baixo e mais alto. E aí pega a média. Aí pega confiança. Quando pegar confiança, fica mais perto de crescer, evoluir, ainda mais comigo enchendo o saco (risos).

Grande temporada

Não imaginava, pensei que houvesse oscilações maiores, fruto de equipe de trabalho, médicos, fisiologia, direção, atletas, entenderem a forma de treinar... Eu pensei que houvesse oscilação maior. Na medida em que consolida, pode crescer, sem medo de ser feliz, sem soberba. A gente sabe que tem muito a crescer.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes