Corinthians faz primeiro corte no futebol profissional

Corinthians faz primeiro corte no futebol profissional

Por Meu Timão

Roberto de Andrade ainda deve fazer mais cortes para diminuir gastos no clube

Roberto de Andrade ainda deve fazer mais cortes para diminuir gastos no clube

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desde que assumiu a presidência do Corinthians, Roberto de Andrade, adiantou que faria cortes no quadro de funcionários do Timão. Nesse final de semana, o supervisor de futebol Saulo Magalhães foi demitido e não faz mais parte do departamento de futebol do Corinthians.

“Disseram que foi um corte para diminuir as despesas, mas, para mim, não colou”, declarou Saulo, em entrevista ao colunista Jorge Nicola.

O dirigente era responsável por organizar a logística de viagens e hospedagem da equipe principal e estava no cargo desde 2007. Essa já era sua segunda passagem pelo clube - a primeira durou dez anos.

Quem o contratou para retornar ao clube, há oito anos, foi Andrés Sanchez. Curiosamente, ele foi demitido no sábado, semanas após Sanchez ser nomeado superintendente de futebol. “O Andrés certamente teve participação na decisão”, afirmou Saulo.

Na semana passada, o Corinthians oficializou a demissão de cinco funcionários do departamento de marketing.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes