Após deixar presidência do Timão, Mário Gobbi perde mais de dez quilos

5.8 mil visualizações 68 comentários

Por Meu Timão

Em três anos de mandato no Corinthians, Mário Gobbi viu o clube comemorar cinco títulos

Em três anos de mandato no Corinthians, Mário Gobbi viu o clube comemorar cinco títulos

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

No dia sete de fevereiro, Mário Gobbi deixou de ser o presidente do Corinthians, cargo que ocupava desde o início de 2012. Após pouco mais de dois meses, o ex-mandatário do Timão passou um tempo em um spa fora da capital paulista. Na estadia, tratou de sua hipertensão e perdeu cerca de 12 kg. Em sua última entrevista, antes das eleições presidenciais do clube, Gobbi dava sinais de 'desgaste' e de que queria, o quanto antes, entregar o cargo.

"Tô me guardando pra quando o carnaval chegar...", dizia o ex-presidente em sua última coletiva na sala de imprensa do CT Dr. Joaquim Grava. Por conta do tratamento, Gobbi esteve ausente de dois encontros do CORI - Conselho de Orientação do Corinthians -, do qual é membro junto com Andrés Sanchez, agora superintendente de futebol.

Candidato de situação, Roberto de Andrade assumiu a presidência do Corinthians e já promoveu algumas mudanças. A missão do atual mandatário é reduzir as despesas do clube com alguns jogadores e sanar as dívidas do Timão, como atraso nos direitos de imagem e premiação por títulos.

Fora das discussões políticas do Corinthians, Gobbi se dedica agora à profissão de delegado de polícia. Na próxima segunda-feira, uma reunião do Conselho Deliberativo pode marcar o fim de seu 'sumiço', já que ele deverá estar presente no Parque São Jorge.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x