Delegado conta detalhes da chacina na quadra da Pavilhão Nove

Delegado conta detalhes da chacina na quadra da Pavilhão Nove

Por Meu Timão

21 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

Quadra da Pavilhão Nove

Quadra da Pavilhão Nove

Reprodução Facebook

Na manhã desse domingo, o delegado responsável pelo caso da chacina detalhou as informações do crime onde oito corinthianos foram assassinados, em entrevista coletiva.

O que você pode apurar sobre esse crime?

Já levantamos algumas informações e mais umas testemunhas foram ouvidas e o que posso adiantar é que não tem a ver com briga de torcida. Hoje nós vamos ter um clássico, Corinthians e Palmeiras, então estamos aqui para falar isso. Até o presente momento não há o que se falar em briga de torcida.

O que aconteceu lá na quadra, segundo as testemunhas?

Tinha acabado de ter uma festa, um churrasco. O pessoal já estava indo embora e sobraram oito ou nove pessoas lá. Chegaram três pessoas armadas, subjugaram oito pessoas, colocaram de joelhos, pediram para deitar e começaram a efetuar disparos neles.

Essas pessoas foram escolhidas entre um grupo?

É o grupo que estava ali. Só tinham eles ali. Um deles ainda conseguiu sair correndo, mas tombou logo em seguida. Foi a pessoa que foi socorrida ao hospital das clinicas onde veio a falecer.

Alguém que estava na quadra sobreviveu?

As pessoas que foram alvo de disparos, ninguém sobreviveu, mas tem pessoas que estavam lá e conseguiram se evadir. Quando viram aquele corre-corre e pessoas com arma na mão, conseguiram se evadir.

O que as câmeras de segurança da região mostraram?

Nós temos imagens do posto de gasolina, onde veio essa pessoa que tombou no posto de gasolina e foi socorrida ao Hospital das Clinicas, e as pessoas saindo de dentro da quadra. Por enquanto não conseguimos localizar essa filmagem (dos assassinos chegando).

Sobre as vítimas, que tipo de pessoas que eram? Eram ligadas as torcidas, de fato, presente nos jogos? Tivemos contato com a família de uma pessoa que estava lá só para desenhar as bandeiras.

Após o churrasco, eles iriam começar a pintar as bandeiras para o clássico quando aconteceu esse incidente, mas a maioria eram integrantes da Pavilhão Nove.

Uma chacina com oito mortos, é uma das maiores chacinas dos últimos tempos?

Dos últimos tempos, sim. Principalmente quando você fala no mesmo local.

Chama atenção a ousadia? Porque eles renderam todo mundo e se tivesse mais gente, elas estariam mortas, dentro da quadra.

Isso o que nos chama atenção para a investigação. Como três pessoas vão entrar dentro de uma quadra, onde teve um churrasco, e invadem sem saber o que esperar? Essa é nova investigação para saber, ou eles são muito "apetitosos" ou sabiam de alguma coisa.

Tem mais alguma que você possa acrescentar, sem atrapalhar seu trabalho (das investigações)?

Até o presente momento é isso o que eu posso falar, mas se Deus quiser, durante a semana nós teremos mais informações.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana pode voltar ao Corinthians em 2019

    Corinthians faz proposta para compra de Guilherme Arana; Flamengo tenta atravessar

    ver detalhes
  • Manoel posou para foto ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro Alves

    Corinthians apresenta zagueiro Manoel, oitava contratação para 2019

    ver detalhes
  • Corinthians e BMG anunciaram parceria na manhã desta quinta

    Corinthians confirma banco BMG como novo patrocinador máster

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel vai deixar o Corinthians em definitivo rumo ao Cruzeiro

    Marquinhos Gabriel é esperado no Cruzeiro para exames médicos nesta sexta, confirma diretor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes