Em meio a crise financeira, obras do CT da base continuam paradas

Em meio a crise financeira, obras do CT da base continuam paradas

Por Meu Timão

Projeção do CT da base do Corinthians

Projeção do CT da base do Corinthians

Com o mesmo cenário de meses atrás, o estágio do Centro de Treinamento das categorias de base do Corinthians permanece o mesmo. Localizado ao lado do CT Dr. Joaquim Grava, do elenco profissional, no Parque Ecológico do Tietê, o local segue com as obras paralisadas.

Enquanto isso, a base alvinegra treina em locais improvisados, como a sede do Flamenguinho de Guarulhos e o estádio de Barueri. Antes da construção da Arena, essas categorias treinavam em um CT em Itaquera, com direito a três campos, salas de musculação e fisioterapia, alojamento e restaurante.

O valor estimado para a conclusão do projeto é de aproximadamente R$ 45 milhões. Em forma de colaboração, em 2013, o Ministério do Esporte autorizou o clube a captar recursos pela Lei do Incentivo Fiscal. Assim, o Timão disponibilizou uma plataforma para que os torcedores fizessem doações em troca de dedução no imposto de renda. Cerca de R$ 3 milhões foram arrecadados, porém, por débitos de credores, essa quantia não pôde ser aproveitada. No entanto, como o clube do Parque São Jorge vem passando por dificuldades financeiras, essa situação não tem prazo para ser modificada.

"Estamos mais próximos de ter o CT, há muitas pessoas envolvidas para que tenhamos um mínimo de estrutura no local (campos com bons gramados). Enquanto não temos o CT, a gente se adequa, como fizemos nos últimos anos. Eu e os responsáveis pela base estamos em contato diariamente, nos reunimos para discutir sobre todos os assuntos. Infelizmente não foi possível ter o CT nos últimos anos, mas isso está cada vez mais próximo de sair", afirmou Alessandro, coordenador de futebol do Corinthians, em entrevista ao Lance!.

Anunciada como prioridade desde 2009, por Andrés Sanchez, o CT da base, que ao lado do CT profissional seria muito útil, não saiu do papel nos últimos quatro anos. Concordando com a afirmação, Alessandro projetou melhorias.

"Sem dúvida, há muita gente envolvida, vai desde o sub-9 até o sub-20. Então, quanto mais estivermos próximos, melhor. O nosso desejo é ter o CT com tudo, completo. Mas, com os campos prontos, já teremos um avanço grande e paralelamente poderão fazer outras coisas. O CT facilitará, por exemplo, quando tiver jogo-treino, que nem sempre é possível ver tão de perto", concluiu.

Veja Mais:

  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes
  • Leandro Damião pode trocar Flamengo pelo Corinthians em 2017

    Corinthians inicia conversas por centroavante do Flamengo, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes