No Paraguai, Corinthians confirma escalação contra o Guaraní

No Paraguai, Corinthians confirma escalação contra o Guaraní

Tite confirmou escalação contra o Guaraní, nesta quarta-feira

Tite confirmou escalação contra o Guaraní, nesta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians já está no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai. A equipe do técnico Tite enfrenta o Guaraní, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

O comandante alvinegro confirmou a mesma escalação que treinou durante boa parte das duas últimas semanas de treinamento. No esquema 4-1-4-1, o Timão vai a campo com: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Renato Augusto, Jadson e Luciano; Guerrero.

No banco, o treinador tem como opção: Walter, Edilson, Edu Dracena, Danilo, Malcom, Bruno Henrique e Vagner Love.

Do outro lado, o Guaraní, do técnico Fernando Jubero, manda a campo: Alfredo Aguilar; Rubén Maldonado, Julio Cáceres, Juan Patiño e Marcelo Palau; Luis de La Cruz, Julián Benitez, Jorge Mendoza e Federico Santander; Tomas Bartomeus e Eduardo Fillippini.

Corinthians e Guaraní se enfrentam logo mais, às 19h45, pelo jogo de ida da fase decisiva da competição sul-americana. A transmissão da partida será exclusiva do canal Fox Sports.

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes