Preço 'salgado' e times mistos dificultam procura por ingressos para estreia do Timão no Brasileirão

Preço 'salgado' e times mistos dificultam procura por ingressos para estreia do Timão no Brasileirão

Por Meu Timão

2.5 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

Apenas 10 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o confronto do Timão com o Cruzeiro

Apenas 10 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o confronto do Timão com o Cruzeiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Brasileirão 2015 começa neste domingo para o Timão. Na Arena Pantanal, o clube alvinegro enfrentará o bicampeão Cruzeiro, dono do mando da partida. Mas o jogo, que prometia receber um bom público no estádio que sediou a Copa do Mundo no Brasil, não deverá ser prioridade para ambas equipes.

Em meio ao início da competição nacional, os dois times disputam a classificação para as quartas de final da Taça Libertadores da América. Tite, comandante do Corinthians, afirmou nesta sexta-feira que apenas Emerson Sheik, considerado titular, deve começar a partida. Pelo lado mineiro, o treinador Marcelo Oliveira sinalizou que irá promover um revezamento de seus atletas.

No primeiro jogo do mata-mata do continental, Corinthians e Cruzeiro saíram atrás do placar. No Paraguai, o Timão foi derrotado pelo Guaraní por 2 a 0. Já a equipe mineira perdeu para o São Paulo pelo placar mínimo no Morumbi. Porém, a dupla terá ao seu lado o 'fator casa' na próxima quarta-feira (13) - os dois irão decidir quem avança de fase na Libertadores jogando na Arena Corinthians e no Mineirão, respectivamente.

Além da 'falta de estrelas' em campo, o preço alto dos ingressos para o duelo em Cuiabá não despertou o interesse dos torcedores locais - os valores das entradas variam de R$ 50 a R$ 160. Dois dias antes da partida, apenas 10 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada. Segundo os organizadores do evento, a expectativa é que o dobro do atual número esteja presente na Arena Pantanal, que tem capacidade para pouco mais de 41 mil visitantes.

Punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com a perda de um mando, o Cruzeiro não poderia realizar a primeira partida do Campeonato Brasileiro no Mineirão. Além disso, recebeu uma proposta de R$ 1 milhão pela venda da partida, com direito a porcentagem da bilheteria e voo fretado de Belo Horizonte a Mato Grosso.

Veja Mais:

  • Fábio Carille foi heptcampeão brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Carille volta a ser opção para treinar o Corinthians em 2019; entenda a situação

    ver detalhes
  • Corinthians volta a enfrentar o Atlético-PR, nesta quarta-feira, em Curitiba

    Veja onde assistir ao jogo entre Corinthians e Atlético-PR ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Malcom é apontado como fator principal na desistência do Barcelona por Pedrinho

    Barcelona desiste de Pedrinho e abre caminho para negócio entre Corinthians e Real Madrid

    ver detalhes
  • Pedrinho é esperança ofensiva do Corinthians na Arena da Baixada

    Fora da Libertadores, Corinthians visita Atlético-PR com novo foco e possível 'reforço'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes