Guaraní tem problema com avião fretado e não embarca para São Paulo

Guaraní tem problema com avião fretado e não embarca para São Paulo

Por Meu Timão

Jogadores e comissão técnica do Guaraní ainda não embarcaram para São Paulo

Jogadores e comissão técnica do Guaraní ainda não embarcaram para São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Os jogadores do Guaraní ainda não conseguiram deixar Assunção, no Paraguai, rumo a São Paulo. A delegação paraguaia fretou um avião para a viagem, que deixaria a cidade por volta das 10h, desta terça-feira. O avião não apareceu e todos os jogadores e comissão técnica permanecem no aeroporto internacional de Assunção até o momento. As informações são do LANCENET!.

De acordo com o agente de viagem que organizou a viagem da equipe do Guaraní, um problema na documentação da aeronave impossibilitou que a mesma deixasse o Chile rumo ao Paraguai para pegá-los.

Neste momento, a diretoria está tentando comprar passagens em um dos voos comerciais com direção a São Paulo para que a equipe a comissão técnica cheguem ainda nesta terça-feira ao local da partida. Um treino do Guaraní está marcado para mais tarde, às 19h30, na Arena Corinthians.

O time paraguaio enfrenta o Timão nesta quarta-feira, às 22h, na Arena. A equipe chega ao Brasil com a vantagem de dois gols para avançar as quartas de final da Copa Libertadores da América. O Corinthians também treina nesta tarde, às 15h30, no estádio alvinegro.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes