Contra 'heroísmo', Fábio Santos quer Timão paciente para reverter placar

Contra 'heroísmo', Fábio Santos quer Timão paciente para reverter placar

Por Meu Timão

Ao lado do presidente Roberto de Andrade, Fábio Santos concedeu entrevista nesta tarde na Arena

Ao lado do presidente Roberto de Andrade, Fábio Santos concedeu entrevista nesta tarde na Arena

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Timão terá um desafio e tanto nesta quarta-feira. Pela Taça Libertadores, o time do Parque São Jorge terá que reverter a derrota por 2 a 0 diante do Guaraní (PAR). Para tal feito, Tite & cia buscam a 'paciência' necessária para avançar na competição mais importante das Américas.

"Temos de saber jogar o jogo. Não é todo mundo querer dar uma de herói. Temos 90 minutos para decidir. É ter paciência", alertou Fábio Santos, um dos atletas mais experientes do elenco alvinegro.

Para garantir a classificação às quartas de final do torneio, o Corinthians precisa de uma vitória com três gols de diferença e não sofrer nenhum. Se fizer 2 a 0, leva a decisão para as penalidades máximas.

"O Tite cobra estarmos preparados para todas as situações. Não gostamos de falar isso (desclassificação), mas temos de nos preparar. Tivemos exemplo contra o Atlético Mineiro, 2 a 0 em casa e depois tomamos a virada", lembrou o camisa 6, durante entrevista nesta tarde.

Confira o que rolou na coletiva de Fábio Santos

Suspensão de Emerson Sheik

"Ficamos chateados, ele nos ajudou bastante nos jogos decisivos. Amanhã ele estará aqui nos apoiando".

Excesso de confiança?

"Acredito que não. A equipe é madura o suficiente. A equipe deles jogou melhor que a nossa lá. Não jogou para ganhar por 2 a 0, mas foi mais efetiva, soube marcar a nossa equipe. Não foi que menosprezamos. Eles foram melhores. Agora é ser melhor que eles".

Derrota no mata-mata

"De placar, acho que esse foi o pior dos últimos anos. Tem tudo para conquistar a classificação apesar do resultado. A equipe está muito confiante. A preparação foi muito boa. Pode dar muita força para a equipe reverter uma situação como essa. Tenho certeza de que a classificação traz o torcedor para o nosso lado novamente. Temos muito a crescer".

Papo de Tite no treinamento

"A palavra foi uma questão de apoio, todos sabem a importância do jogo. É aproveitar o torcedor, o clima. Foi mais nesse sentido, uma palavra de concentração e apoio".

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes