Após derrota, torcida tenta invadir vestiário do Corinthians

Após derrota, torcida tenta invadir vestiário do Corinthians

Jadson no túnel de acesso ao vestiário da Arena Corinthians

Jadson no túnel de acesso ao vestiário da Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A crise parece ter se instalado de vez no Corinthians. Após a derrota para o Palmeiras, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, a torcida deu provas de que perdeu a paciência com o elenco alvinegro.

Depois de gritos contra os jogadores e a diretoria no final da partida, um grupo de cerca de 150 torcedores tentaram invadir o vestiário do Timão para cobrar os atletas do Timão.

O grupo foi contido pela segurança do estádio, que fechou os portões que dão acesso ao local, que é restrito apenas as delegações. Os jornalistas, que cobrem as partidas dentro do gramado, não podem entrar no local. As informações foram dadas pela Rádio Globo.

Depois da confusão controlada, os torcedores se juntaram a um grupo maior, de cerca de 1 mil pessoas que esperam o ônibus do time deixar a Arena Corinthians para protestar. A polícia reforçou a segurança no portão de saída dos ônibus para evitar maiores confusões. A delegação ainda deve demorar para deixar o local, já que, até o momento (18h40), a coletiva do técnico Tite ainda nem começou.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes