'Só depois da Copa América', afirma presidente sobre Téo Gutiérrez

'Só depois da Copa América', afirma presidente sobre Téo Gutiérrez

Roberto de Andrade confirmou interesse em Gutiérrez, mas acerto só depois da Copa América

Roberto de Andrade confirmou interesse em Gutiérrez, mas acerto só depois da Copa América

Foto: Marcelo Machado/Ag. Corinthians

O torcedor corinthiano ainda vai ter que esperar um pouco por uma definição sobre a possível contratação do colombiano Téo Gutiérrez. Após a vitória sobre o Internacional, nesse sábado, o presidente Roberto de Andrade falou sobre o jogador.

O mandatário reiterou o interesse no atacante do River Plate, mas diz que ainda não existe nada oficial e que a negociação só deve acontecer após a Copa América.

"Não existe nada, existe o interesse, sabemos que é um bom jogador, mas não tem negociação", afirmou. "Não tem nada, se for haver negociação será depois da copa América", completou.

O motivo da espera é porque Gutiérrez está disputando a Copa América pela Colômbia. A competição dura até o dia 4 de julho, então, a negociação ainda deve demorar quase um mês para ser concretizada.

Além da disputa da competição da Conmebol, o River Plate é um empecilho. O clube argentino não quer liberar Téo antes do fim da Copa Libertadores - o time está na semifinal do torneio. Porém, até a final, a janela de transferência para jogadores internacionais da CBF já estará fechada, o que impossibilitaria a negociação.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes