Ascensão do Corinthians no Brasileirão é destaque no site da FIFA

Ascensão do Corinthians no Brasileirão é destaque no site da FIFA

Por Meu Timão

Na tarde deste sábado, o Timão voltou a vencer na Arena Corinthians. Em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o clube do Parque São Jorge bateu o Internacional, de virada, por 2 a 1.

Ao relatar as partidas da rodada, o site oficial da FIFA destacou a vitória alvinegra, além de citar o São Paulo, atual líder da competição, com o seguinte título: "São Paulo no topo e Corinthians sobe para o terceiro lugar". Jadson, autor do primeiro gol alvinegro, estampou a notícia. Essa não é a primeira vez que o clube ganha tal destaque, já que na primeira rodada da competição nacional, quando venceu o Cruzeiro por 1 a 0, também foi evidenciado de maneira semelhante.

Mesmo entre dois times grandes, o Corinthians que foi digno de evidência na página da entidade máxima do futebol: "Nilmar marcou o primeiro gol para os visitantes pouco antes do intervalo, mas no segundo tempo os esforços de Jadson e Vagner Love entregaram ao Corinthians os três pontos".

O Timão volta a atuar no próximo sábado, 20 de junho, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 16h30. Enquanto o Corinthians ocupa a terceira posição na tabela de classificação, com 13 pontos, o adversário da vez aparece na 16ª, com apenas sete pontos acumulados.

Confira a publicação

Corinthians - FIFA

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes