Mudança na lei dos direitos de atletas agrada Edu Gaspar

5.2 mil visualizações 43 comentários

Por Meu Timão

Edu Gaspar defendeu a nova regra estabelecida pela FIFA que proíbe a participação de investidores na venda de atletas

Edu Gaspar defendeu a nova regra estabelecida pela FIFA que proíbe a participação de investidores na venda de atletas

Meu Timão

Em 2014, o presidente da FIFA, Joseph Blatter, anunciou uma nova lei que proíbe a participação de empresários sobre os direitos econômicos dos atletas de futebol. Desde 1º de maio, os investidores não podem ser usados pelos clubes na contratação de reforços - os acordos firmados antes da medida serão preservados.

A nova regra agradou o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar. Para ele, as equipes obterão mais lucro em eventuais venda de jogadores, já que não haverá intermediação de agentes. "Os direitos econômicos eram divididos em muitas partes, e muitas vezes não se via vantagem em o clube vender seus jogadores, porque se diluía todo o lucro", afirmou o dirigente, em entrevista ao SporTV News.

"Agora vai ficar praticamente 100% com o clubes, e com isso você tem a possibilidade de angariar no mercado maiores valores econômicos envolvidos nos atletas", declarou. Com a nova lei, os contratos que estão em vigor devem ser registrados pelas federações esportivas. A mudança já deve impactar a janela de transferências deste meio de temporada, que termina no fim de agosto.

Recentemente, a FIFA investigou os detalhes da negociação do zagueiro Cléber, ex-Corinthians, vendido ao Hamburgo (ALE) por 3,1 milhões de euros (cerca de R$ 9,6 milhões) em 2014. Na época, o Timão não embolsou nada com a venda do beque, já que 80% dos direitos econômicos do jogador estavam ligados ao agente Fernando Garcia e outros 10% a Beto Rappa. Os 10% restantes eram do próprio zagueiro.

Veja Mais:

  • Pedrinho ainda não se apresentou ao Benfica, de Portugal

    Benfica planeja adiar pagamento de Pedrinho para 2021; Corinthians se posiciona

    ver detalhes
  • Elenco principal do Corinthians voltou a ficar três meses com salário atrasado

    Corinthians volta a somar três meses de salário atrasado com elenco principal

    ver detalhes
  • [Mayara Munhoz] Quando apontar um erro é um grande acerto. Que orgulho, Meu Timão!

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians foi no dia 15 de março, já com Arena vazia

    Governo de São Paulo confirma retorno do Campeonato Paulista no dia 22 de julho

    ver detalhes
  • 'Sabe o que o patrocinador do Corinthians poderia fazer agora?' | O BMG na nova camisa do Corinthians

    VÍDEO: 'Sabe o que o patrocinador do Corinthians poderia fazer agora?' | O BMG na nova camisa do Corinthians

    ver detalhes
  • Jô já trabalha no Corinthians, mas ainda não teve situação regularizada

    Dupla de ataque do Corinthians está sem contrato com o clube; entenda situações

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: