'Comendo pelos cantos', Jabá se coloca à disposição e diz não ter pressa pelo profissional

'Comendo pelos cantos', Jabá se coloca à disposição e diz não ter pressa pelo profissional

Por Mayara Munhoz

Léo Jabá aguarda para saber em qual categoria irá jogar, mas já afirma que fará o seu melhor

Léo Jabá aguarda para saber em qual categoria irá jogar, mas já afirma que fará o seu melhor

Foto: Arquivo pessoal

Uma das novas joias do Timão, o garoto Léo Jabá foi um dos destaques da equipe corinthiana que venceu o Mundial de Clubes Sub-17, na Espanha. Agora, de volta ao Brasil, o jovem foi encaixado na equipe sub-20 e está participando do Brasileirão da categoria. Infelizmente, o Timãozinho empatou com o Coritiba por 2 a 2, na última quinta-feira, e está fora da próxima fase da competição.

Porém, a estrela de Léo Jabá continua brilhando. Apesar da eliminação, Léo fez uma ótima partida contra o time da região sul, dando dribles e até o passe para o segundo gol do Corinthians. Com a colaboração do jogador, foi possível perceber uma evolução na equipe, comparado ao que esta tinha apresentado até então.

"Estamos acostumados a sempre vencer, mas futebol é momento. Futebol é feito de momentos bons e ruins. Temos que trabalhar cada dia mais, querer vencer. Já mudamos a cara com relação aos outros jogos, mostramos o que é o Corinthians, batalhamos. Infelizmente não veio o resultado" disse Léo após o jogo, ao globoesporte.com.

Com a eliminação, o futuro de Léo ainda não está definido. O jovem, que tem Emerson Sheik como padrinho, pode permanecer na equipe sub-20 que disputa o Campeonato Paulista, ir para a equipe sub-17 e disputar a Taça BH ou, até mesmo, ser levado ao profissional do Timão.

Quanto a isso Léo afirma que está tranquilo, que independentemente de para onde for mandado ele trabalhará tranquilamente para fazer o seu melhor e crescer cada vez mais no clube.

- No sub-17, vamos ter a taça BH. No sub-20, tem o Campeonato Paulista, onde queremos manter o título. Fica nas mãos da diretoria decidir se fico no sub-20 ou no sub-17. Estou preparado para qualquer categoria, seja sub-20 ou profissional. Mas deixo nas mãos da diretoria. Idade não tem problema. A partir do sub-15, o que interessa mais é a parte técnica. Estou trabalhando quietinho, igual mineiro, comendo pelos cantos. Na hora que a oportunidade aparecer, seja no sub-20 ou no profissional, vou abraçar com toda força - declarou a revelação de 16 anos.

Veja Mais:

  • Marcio Zanardi, ex-treinador do Sub-17 do Corinthians, ao lado do pai, Wilson

    Portal denuncia esquema de suborno de R$ 50 mil por escalação na base do Corinthians

    ver detalhes
  • Pequeno Mateus viveu noite mágica na última quarta-feira

    Ingresso, camiseta e sonho realizado na Arena Corinthians: a história que está bombando na web

    ver detalhes
  • Timão venceu o Patriotas nesta quarta-feira na Arena

    Adversário do Corinthians nas oitavas da Sul-Americana é definido

    ver detalhes
  • Emerson Santos, do Botafogo, está no radar do Corinthians

    Corinthians se aproxima de zagueiro do Botafogo e tenta contratação imediata

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes