Bruno Henrique rende elogios a Ralf e aprova chegada de Rildo

Bruno Henrique rende elogios a Ralf e aprova chegada de Rildo

Por Meu Timão

2.7 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Bruno Henrique conversou com a imprensa na tarde desta terça-feira no CT do Timão

Bruno Henrique conversou com a imprensa na tarde desta terça-feira no CT do Timão

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A reformulação do Corinthians neste meio de temporada é vista com bons olhos pelo volante Bruno Henrique, titular nas últimas três partidas do Timão no Campeonato Brasileiro. Suas atuações o renderam a titularidade no lugar de Ralf, ídolo do clube. Para o meio-campista, a tarefa de substituir o camisa 5 não é fácil.

"Ele (Ralf) é sem palavras. Representa muito para o time e a torcida, um dos maiores ídolos que o clube já teve. É um peso muito grande, mas estou trabalhando dia a dia para fazer um bom papel naquela função", afirmou Bruno Henrique. "Quanto mais o time joga junto, melhor. Mais o time ganha confiança", acrescentou.

Escolhido para conversar com a imprensa após a apresentação do elenco no CT Joaquim Grava, o volante analisou a chegada do atacante Rildo, novo reforço da equipe alvinegra para a disputa do Brasileiro. "É um jogador de velocidade, excelente jogador, quando jogou contra nós no Paulistão deu muito trabalho. Vem para somar, está treinando conosco. Esperamos que ele possa se adaptar e dar conta do recado", desejou.

Segundo volante de origem, Bruno ainda falou sobre sua adaptação na nova posição. "Estava voltando de lesão e joguei ali por necessidade, não tínhamos o Ralf, nem o Cristian. É bem diferente de jogar como segundo volante. Agora tenho de ficar mais posicionado, fazer cobertura", alertou o meio-campista.

Por fim, o jogador comentou sobre o bom desempenho de Jadson e Vágner Love nas últimas partidas. De acordo com o volante, o Corinthians só tem a ganhar com a boa fase da dupla. "Fico feliz pelo Love estar crescendo de produção, é o nosso centroavante (...). O Jadson é nosso camisa 10, o cérebro do time, está conseguindo dar passes e fazer gols. Nosso time depende deles", finalizou.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes