Após estreia como titular, Rildo garante: 'Posso melhorar'

Após estreia como titular, Rildo garante: 'Posso melhorar'

Por Meu Timão

Contra o Atlético-MG, Rildo estreou como titular no Timão

Contra o Atlético-MG, Rildo estreou como titular no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Rildo, que chegou ao Corinthians de maneira contestada, parece começar a agradar a torcida alvinegra. Na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, o jogador foi escolhido pelo técnico Tite para substituir Jadson, que estava suspenso.

Ao lado de Malcom e Vágner Love, Rildo compôs o sistema defensivo do Corinthians, que garantiu a vitória sobre o 'melhor visitante' do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo, mesmo não considerando que tenha feito uma boa apresentação em sua primeira partida como titular pelo clube alvinegro, o jogador afirmou que ainda pode melhorar em campo.

"A torcida pode ver que vontade não faltou. O importante de tudo isso é o Corinthians ter saído vencedor contra uma grande equipe como o Atlético-MG', disse Rildo. 'Eu posso melhorar, estou chegando agora no Corinthians", competou o atacante.

Com 29 pontos acumulados e atualmente na segunda posição da tabela de classificação, o Corinthians projeta o título no Brasileirão. Rildo não pensa diferente, mas é consciente de que muito ainda pode acontecer na competição.

"Temos de ter os pés no chão. O campeonato está na metade, têm muitos jogos ainda para acontecer. Vamos pensar jogo a jogo", concluiu.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes