Após ganhar titularidade, Bruno Henrique acerta aumento salarial

Após ganhar titularidade, Bruno Henrique acerta aumento salarial

Por Meu Timão

Titular, Bruno Henrique vive boa fase no Timão

Titular, Bruno Henrique vive boa fase no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A fase de Bruno Henrique no Corinthians realmente é boa. Depois de conquistar a titularidade, o volante recebeu um aumento salarial. O reajuste foi confirmado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na última semana.

Apesar do aumento, o vínculo de Bruno Henrique segue com a mesma validade: até dezembro do ano que vem. O valor do reajuste salarial não foi divulgado.

O volante é representado pelos empresários Bruno Paiva e os sócios Marcelo Robalinho e Marcelo Goldfarb. O grupo também gerencia a carreira de Edílson, que acabou de renovar o seu contrato com o Corinthians.

Bruno Henrique, que chegou ao Timão no início do ano passado, já atuou em 70 jogos com a camisa alvinegra no período. Sua melhor fase, porém, está sendo vivida agora. O volante desbancou Ralf, que era titular incontestável há cinco anos, e assumiu a posição na equipe do técnico Tite. Somente neste ano, são 30 jogos sendo 18 como titular e um gol marcado.

Confira o registro do reajuste salarial de Bruno Henrique no BID

Veja Mais:

  • Adauto (ao centro) classificou Corinthians como 'melhor vitrine do futebol brasileiro'

    Ex-Corinthians, Adauto defende Alessandro e minimiza falta de poder financeiro: 'Melhor vitrine'

    ver detalhes
  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Crislan pertence ao Braga, mas jogou no Vegalta Sendai por empréstimo

    Em alta no Japão, atacante despista sobre sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes