Sem Jonathas e com a janela fechada, base pode ser o único recurso de Tite

Sem Jonathas e com a janela fechada, base pode ser o único recurso de Tite

Por Meu Timão

Léo Jabá pode subir ao profissional

Léo Jabá pode subir ao profissional

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Após o encerramento da janela de transferências internacionais, o Corinthians se vê sem grandes opções no mercado para encontrar um centroavante. Como as negociações com Téo Gutiérrez, Jonathas e Dentinho fracassaram e a maioria dos jogadores da Série A ja fizeram sete jogos, Tite deve ter que encontrar na base sua solução.

Recentemente o Timão tem realizado maior integração entre os atletas da base com o profissional, prova disso é que os jogadores formados no Parque São Jorge já formam 35% do elenco corinthiano. As oportunidades em campo, porém, ainda não foram muitas. A tendência é que isso mude em um futuro próximo.

Com Vagner Love sendo o único homem de referência do ataque e estando em má fase, o Timão deve apostar em suas pratas da casa. Já foram promovidos ao time profissional jogadores como Gabriel Vasconcelos - artilheiro da Copa São Paulo 2015 - e Gustavo Tocantins, que chegou a ter algumas oportunidades com Mano Menezes na temporada passada, foi emprestado ao Bragantino, mas teve seu retorno solicitado. Quem também pode pintar no profissional é Claudinho, atacante ex-Santos contratado recentemente para o time Sub-20.

O jogador que mais chama atenção, porém, é Léo Jabá, jovem promessa de apenas 16 anos e que agradou em sua estreia no time principal, no amistoso contra o ABC. Atualmente ele está disputando a Taça BH juntamente com o elenco Sub-17 do Alvinegro. Dirigentes e comissão técnica acreditam que é necessário ter cautela com o jogador, mas sua promoção definitiva ao time profissional não está descartada.

Outra alternativa é buscar jogadores de times da Série B. Ao analisar as opções, porém, o Timão não se anima em nada. Na visão do clube, os atletas destes times não são melhores que os do próprio elenco corinthiano e não valeriam o investimento.

Vale ressaltar que um dos titulares do ataque corinthiano é Malcom, jovem de 18 anos formado nas categorias de base do Alvinegro e que agrada muito aos torcedores.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes