Gil descarta favoritismo contra o São Paulo

Gil descarta favoritismo contra o São Paulo

Por Meu Timão

Gil não crê que Corinthians seja favorito contra o São Paulo

Gil não crê que Corinthians seja favorito contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em busca da liderança do Campeonato Brasileiro, o Corinthians entra em campo neste domingo, para enfrentar o São Paulo. O jogo que acontece às 16h, no Morumbi é válido pela 17ª rodada. Por mais que esteja na frente na tabela, o zagueiro Gil não considera o Timão favorito para o clássico.

"De maneira alguma (somos favoritos). Estamos nos preparando bem durante a semana, vamos focar no que podemos fazer para chegar ao jogo e fazer uma grande exibição", analisou o defensor.

Sem saber o que é vencer um clássico há cinco jogos, o camisa 4 espera que a sequência negativa seja quebrada contra o time do Morumbi. Segundo Gil, o Timão precisa continuar trabalhando forte para conseguir os resultados.

"Não tem nada específico para fazer de diferente. Ninguém quer perder clássicos. Temos de continuar trabalhando forte para poder chegar no domingo e fazer um grande jogo. São dois grandes rivais, Corinthians e São Paulo, e estamos tentando fazer nosso melhor nos treinos", explicou o zagueiro, que não acredita ser um problema jogar no Morumbi.

"Independentemente de qualquer coisa, vamos continuar fazendo nosso trabalho. Respeitamos a qualidade do São Paulo, mas vamos fazer nossa parte e trabalhar para conquistar os três pontos", analisou.

Quando enfrentou o São Paulo no segundo jogo da fase de grupos da Libertadores, sendo derrotado por 2 a 0, o Corinthians teve Emerson Sheik e Mendoza expulsos. Desta vez, Gil espera que o Timão termine a partida com os onze em campo.

"O Tite conversa bastante sobre isso, temos de nos manter fortes psicologicamente. Clássico mexe com muita coisa. Uma jogada mais dura pode complicar. É sempre muito bom jogar clássicos, mas sem violência. O professor pede para mantermos a cabeça boa. É muito difícil jogar com um a menos", finalizou o defensor.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes