Meia do Timão analisa clássico na Copa do Brasil

Meia do Timão analisa clássico na Copa do Brasil

Por Meu Timão

1.3 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Renato Augusto falou sobre o clássico contra o Santos

Renato Augusto falou sobre o clássico contra o Santos

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No próximo dia 19, o Corinthians estreia na Copa do Brasil, contra o Santos, pelas oitavas de final do campeonato. A partida de ida respeitará o mando de campo do time da Baixada, mas a decisão, no dia 26, será na Arena Corinthians. Depois do zagueiro Gil, foi a vez do meio-campista Renato Augusto analisar o clássico.

"É ruim pegar um clássico, é sempre mais chato e sabemos que é diferente. Mas se você pega, por exemplo, um jogo contra o Paysandu, que tem uma viagem longa de geralmente um dia para ir e um dia para voltar, tem problema de vôo. Então, pegando um jogo aqui, você já está em casa, concentra em casa, o deslocamento é mínimo. Tem um lado positivo e um negativo", afirmou o jogador, em participação ao programa "Cartão Verde", da TV Cultura.

"Nosso fator principal hoje está sendo jogar em casa, temos um retrospecto muito bom em casa. A torcida está apoiando de uma certa forma que faz muita diferença", completou.

Como apenas dois jogos definirão quem passará para as quartas de final do torneio, o peso sobre os jogadores aumenta. "Mata-mata é bem diferente, você sabe que é o jogo da vida ali, acabou acabou", analisou Renato Augusto.

Por ter disputado a Libertadores neste ano, o Timão só inicia a disputa da Copa do Brasil nessa fase. Ainda assim, a disputa será simultânea com o Campeonato Brasileiro. Assim, alguns times optam por priorizar somente uma das competições, porém, para o meia, o clube do Parque São Jorge tem condições de manter o foco em ambas.

"Pelo nosso lado físico, que é muito bom, eu acho que dá para brigar nas duas. É uma coisa que o Tite vem cobrando também, em ter um banco mais forte, chegar uma ou duas peças, para poder ter esse revezamento, que tivemos no início do ano, e poder chegar nos dois. Abrir mão de um campeonato por outro é muito difícil", afirmou. "Para quem está no Corinthians, a cobrança é diária", concluiu.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez exaltou força da estrutura montada no Corinthians há dez anos

    Andrés Sanchez manda recado à Fiel após saída de Carille: 'Vamos comprovar nossa estrutura'

    ver detalhes
  • Osmar Loss (à esq.) sucede Carille no comando técnico do Corinthians

    Osmar Loss assume Corinthians após saída de Carille; estreia acontece nesta quinta

    ver detalhes
  • Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro; treinador seguirá carreira na Ásia

    Fábio Carille deixa Corinthians e acerta com Al-Wehda, da Arábia Saudita

    ver detalhes
  • Carille, agora ex-Corinthians, acertou com Al-Wehda, do mundo árabe

    Corinthians divulga vídeo de agradecimento a Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes