Meia analisa opções de Tite e pede tranquilidade com Vagner Love

Meia analisa opções de Tite e pede tranquilidade com Vagner Love

Por Meu Timão

Para Jadson, o atacante Vagner Love precisa de mais 'tranquilidade' para voltar a balançar as redes adversárias

Para Jadson, o atacante Vagner Love precisa de mais 'tranquilidade' para voltar a balançar as redes adversárias

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians vive um momento de indefinição às vésperas do clássico contra o São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi. Para o duelo, Tite ainda não sabe se poderá contar com Renato Augusto, que se recupera de uma inflamação no nervo ciático. Nesta quinta-feira, o meia Jadson conversou com a imprensa e falou sobre a situação do companheiro de posição.

"Eu o vi fazendo tratamento, isso pegou todo mundo de surpresa. Não tem nada definido. Ele pode se recuperar e nos ajudar", afirmou Jadson, que analisou o futebol da equipe sem o camisa 8 em campo. "Perdemos entrosamento. Qualidade, nem tanto. Os jogadores que estão fora têm total confiança do Tite. É mais entrosamento mesmo. O Renato está jogando muito bem. Por isso, tem funcionado", acrescentou.

Caso o armador não se recupere a tempo do clássico, Danilo e Rodriguinho podem aparecer como surpresa - Matheus Pereira corre por fora."Danilo retém mais a bola, tem o passe. Rodriguinho é jogador de mais agilidade, se movimenta bastante. Matheus tem qualidade enorme, parecido com Danilo. Podem ajudar a equipe a qualquer momento. Tite tem a confiança nos três", assegurou.

Além de Renato Augusto, o comandante corinthiano cogita dar chance a Luciano, artilheiro dos Jogos Pan-Americanos, no lugar de Vagner Love - há seis jogos sem marcar, o centroavante tenta driblar a desconfiança da torcida e recuperar o bom futebol. Questionado sobre a má fase do camisa 9, Jadson foi sincero e pediu tranquilidade para que Love possa voltar a marcar.

"O Love é um jogador com bagagem, experiente, tem apoio total da comissão técnica, o grupo todo está do lado dele. Esperamos que ele possa fazer os gols logo. Precisamos ter tranquilidade, a pressão é enorme em cima de ele. Temos de ajudá-lo para melhorar com os gols", completou.

Veja Mais:

  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes