Corinthians tropeça na Vila Belmiro e se complica na Copa do Brasil

Corinthians Corinthians 0 x 2 Santos Santos

Copa do Brasil 2015

Corinthians tropeça na Vila Belmiro e se complica na Copa do Brasil

Por Meu Timão

Corinthians fica mais longe da Copa do Brasil

Corinthians fica mais longe da Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na noite desta quarta-feira, o Corinthians viajou ao litoral, onde encarou o Santos na Vila Belmiro. O jogo - que teve proibida sua realização no Pacaembu - aconteceu sobre o olhar de pouco mais de 10 mil torcedores.

Reencontrando o último time que o bateu em 2015, a equipe do Corinthians veio defender sua sequência de 11 jogos de invencibilidade, mas sofreu novo revés. Especialmente prejudicada pela falta de peças de reposição no ataque, a partida terminou com a presença de Mendoza e Love em campo.

A partida marcou a estreia do time comandado por Tite na Copa do Brasil, já na fase de oitavas-de-final. As equipes chegaram ao jogo em situações diferentes: enquanto o Timão é líder do Brasileirão e se divide entre as duas competições, o Santos aposta todas suas fichas na competição de mata-mata.

Apesar disso, o Corinthians não poupou titulares e entrou em campo com a equipe completa: Cássio, Uendel, Gil, Felipe, Fagner, Elias, Bruno Henrique, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Luciano. Renato Augusto e Uendel foram as novidades, que voltaram após um partida sem jogar, em trabalho de recuperação física.

Primeiro tempo

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Santos jogou para cima, e pressionou muito o Corinthians no primeiro tempo da partida. O volume de jogo do rival foi maior que o do Timão, que também sofreu com uma marcação bem coordenada pelo time de Dorival Jr.

Sem segurar a bola no ataque, o Corinthians fracassou na etapa e só chegou ao ataque do adversário um vez (contra sete finalizações da equipe praiana). O primeiro tempo acabou com 60% da posse de bola para o Santos, que achou seu gol aos 31 minutos e abriu o placar.

Além da vantagem no marcador, o Santos ganhou outro benefício - Luciano, o atual xodó do ataque corinthiano, seu um entorse no joelho aos 35 minutos. O jogador deixou o campo de maca mas ainda fez uma tentativa de continuar em campo, porém, aos 42 minutos não conseguiu prosseguir e foi substituído por Vagner Love.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Corinthians pode se reorganizar e a equipe voltou significativamente melhor. Tite promoveu uma mudança tática no ataque - Love ficou posicionado mais a frente, como um pivô, Renato Augusto foi deslocado mais para a frente, centralizado e liberado da marcação, enquanto Malcom assumiu o lado direito.

Com essa mudança, o Timão confundiu a marcação santista e passou a controlar melhor o jogo. Em pouco tempo, o time conseguiu criar mais chances do que nos 45 minutos iniciais, e mostrava evolução, enquanto o Santos demonstrava cansaço.

Mesmo a atuação melhor, porém, o Timão não conseguiu igualar o placar e aos 27 minutos Tite resolveu fazer uma mudança. Mendoza - o único nome disponível para a posição uma vez que o reforço Rildo não poderá participar da competição - foi chamado pelo treinador.

O colombiano entrou no lugar de Malcom, que não conseguiu boa atuação em seu novo papel tático. Após a alteração, o Corinthians pressionou muito e parecia pronto para buscar o empate. Porém, aos 32 minutos, o Santos que estava praticamente apático na partida achou o segundo gol e aumentou a vantagem sobre o Timão. Aos 38 minutos, Tite tirou Jadson para a entrada de Danilo, mas o placar não se alterou.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Cruzeiro, no domingo, pelo Brasileirão. Já contra o Santos, a equipe de Tite terá novo encontro no dia 26 de agosto, na Arena Corinthians, quando a equipe terá a obrigação de vencer a partida por mais de dois gols de vantagem para seguir na competição.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santos

  • 1000 caracteres restantes