Corinthians tropeça na Vila Belmiro e se complica na Copa do Brasil

Corinthians Corinthians 0 x 2 Santos Santos

Copa do Brasil 2015

Corinthians tropeça na Vila Belmiro e se complica na Copa do Brasil

Por Meu Timão

13 mil visualizações 407 comentários Comunicar erro

Corinthians fica mais longe da Copa do Brasil

Corinthians fica mais longe da Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na noite desta quarta-feira, o Corinthians viajou ao litoral, onde encarou o Santos na Vila Belmiro. O jogo - que teve proibida sua realização no Pacaembu - aconteceu sobre o olhar de pouco mais de 10 mil torcedores.

Reencontrando o último time que o bateu em 2015, a equipe do Corinthians veio defender sua sequência de 11 jogos de invencibilidade, mas sofreu novo revés. Especialmente prejudicada pela falta de peças de reposição no ataque, a partida terminou com a presença de Mendoza e Love em campo.

A partida marcou a estreia do time comandado por Tite na Copa do Brasil, já na fase de oitavas-de-final. As equipes chegaram ao jogo em situações diferentes: enquanto o Timão é líder do Brasileirão e se divide entre as duas competições, o Santos aposta todas suas fichas na competição de mata-mata.

Apesar disso, o Corinthians não poupou titulares e entrou em campo com a equipe completa: Cássio, Uendel, Gil, Felipe, Fagner, Elias, Bruno Henrique, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Luciano. Renato Augusto e Uendel foram as novidades, que voltaram após um partida sem jogar, em trabalho de recuperação física.

Primeiro tempo

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Santos jogou para cima, e pressionou muito o Corinthians no primeiro tempo da partida. O volume de jogo do rival foi maior que o do Timão, que também sofreu com uma marcação bem coordenada pelo time de Dorival Jr.

Sem segurar a bola no ataque, o Corinthians fracassou na etapa e só chegou ao ataque do adversário um vez (contra sete finalizações da equipe praiana). O primeiro tempo acabou com 60% da posse de bola para o Santos, que achou seu gol aos 31 minutos e abriu o placar.

Além da vantagem no marcador, o Santos ganhou outro benefício - Luciano, o atual xodó do ataque corinthiano, seu um entorse no joelho aos 35 minutos. O jogador deixou o campo de maca mas ainda fez uma tentativa de continuar em campo, porém, aos 42 minutos não conseguiu prosseguir e foi substituído por Vagner Love.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Corinthians pode se reorganizar e a equipe voltou significativamente melhor. Tite promoveu uma mudança tática no ataque - Love ficou posicionado mais a frente, como um pivô, Renato Augusto foi deslocado mais para a frente, centralizado e liberado da marcação, enquanto Malcom assumiu o lado direito.

Com essa mudança, o Timão confundiu a marcação santista e passou a controlar melhor o jogo. Em pouco tempo, o time conseguiu criar mais chances do que nos 45 minutos iniciais, e mostrava evolução, enquanto o Santos demonstrava cansaço.

Mesmo a atuação melhor, porém, o Timão não conseguiu igualar o placar e aos 27 minutos Tite resolveu fazer uma mudança. Mendoza - o único nome disponível para a posição uma vez que o reforço Rildo não poderá participar da competição - foi chamado pelo treinador.

O colombiano entrou no lugar de Malcom, que não conseguiu boa atuação em seu novo papel tático. Após a alteração, o Corinthians pressionou muito e parecia pronto para buscar o empate. Porém, aos 32 minutos, o Santos que estava praticamente apático na partida achou o segundo gol e aumentou a vantagem sobre o Timão. Aos 38 minutos, Tite tirou Jadson para a entrada de Danilo, mas o placar não se alterou.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Cruzeiro, no domingo, pelo Brasileirão. Já contra o Santos, a equipe de Tite terá novo encontro no dia 26 de agosto, na Arena Corinthians, quando a equipe terá a obrigação de vencer a partida por mais de dois gols de vantagem para seguir na competição.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santos

  • 1000 caracteres restantes