Diretoria do Internacional veta homenagem a torcedor ícone em jogo contra o Timão

Diretoria do Internacional veta homenagem a torcedor ícone em jogo contra o Timão

Por Meu Timão

Gaúcho da Copa faleceu nesta quarta-feira após perder luta contra o câncer

Gaúcho da Copa faleceu nesta quarta-feira após perder luta contra o câncer

Foto: Divulgação

A diretoria do Internacional se mostrou bem insensível na noite desta quarta-feira. Antes do início do jogo contra o Corinthians, uma homenagem ao torcedor símbolo, Clóvis Acosta Fernandes, foi vetada pelos diretores gaúchos.

O motivo seria o clube do coração do torcedor, conhecido como Gaúcho da Copa. Clóvis era gremista fanático e, por isso, o minuto de silêncio foi negado. Segundo o jornalista João Batista Filho, da Rádio Bandeirantes, o vice-presidente do Internacional, Carlos Pellegrini, foi direto quanto ao pedido: "Que façam no Grêmio".

O veto não agradou torcedores brasileiros, de diversos clubes diferentes, que usaram as redes sociais para reclamar. Clóvis Acosta Fernandes ficou conhecido após seguir a Seleção Brasileira em sete Copas do Mundo, desde 1990. Ele também esteve presente em edições da Copa América, das Confederações e das Olimpíadas.

Torcedor símbolo, sempre acompanhada de uma réplica da taça da Copa do Mundo, o Gaúcho da Copa faleceu nesta quarta-feira, aos 60 anos. Ele lutava contra um câncer há nove anos.

Confira as mensagens de torcedores no Twitter

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes
  • Jogador não pediu desculpas a Gabriel em declaração

    Sem pedir desculpa, Tchê Tchê argumenta ter 'brincado' com Gabriel no Dérbi

    ver detalhes
  • Árbitros utilizaram o metrô em horário de pico nesta quarta-feira

    Árbitro foi à Arena Corinthians de metrô em horário de pico, acusa entidade; FPF rebate

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes