Pretendentes vacilam e Timão fica praticamente garantido no G4

Pretendentes vacilam e Timão fica praticamente garantido no G4

Por Meu Timão

Neste domingo, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0

Neste domingo, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A vitória neste domingo fez com que o Timão chegasse a 57 pontos, cinco a frente do segundo colocado, o Atlético-MG que também venceu. Além de manter a distância com uma rodada a menos, o Corinthians praticamente se garantiu no G4.

Isso porque, dentro os oito primeiros colocados, somente três saíram vitoriosos na rodada (o próprio Corinthians, o Atlético-MG e o Palmeiras). O resultado, deixou o Timão com 15 pontos à frente do quinto colocado, o São Paulo.

Graças ao tropeço dos que brigam pela vaga que classifica para a Libertadores, o Corinthians praticamente garantiu sua vaga para a competição. Segundo o site Chance de Gol, as probabilidades de classificação agora chegam em 99.9%.

A manutenção da diferença para o Atlético-MG, também aumentou as probabilidades de título: agora já são perto de 85%. Estatisticamente, somente o time mineiro e o Grêmio (derrotado pelo Palmeiras no Pacaembu) podem ser considerado ameaças à conquista corinthiana, com 10.8% e 4.2% de chance de título, respectivamente.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes