Mesmo com saídas e lesões, ataque do Corinthians evolui a cada mês

Mesmo com saídas e lesões, ataque do Corinthians evolui a cada mês

Ataque do Corinthians melhorou após saída de Sheik e Guerrero

Ataque do Corinthians melhorou após saída de Sheik e Guerrero

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians perdeu importantes peças no setor ofensivo da equipe, tanto por saídas como por lesões, que poderiam atrapalhar na produção de gols do time. No entanto, ao contrário do esperado, o ataque alvinegro vem evoluindo mês após mês.

Desde o início do Campeonato Brasileiro, em maio, o Timão precisou lidar com dois momentos importantes: as saídas de Paolo Guerrero e Emeron Sheik, em junho; e a lesão que tirou Luciano dos gramados até 2016, em agosto.

Nem mesmo nesses momentos críticos, o ataque corinthiano deixou de melhorar o desempenho dentro de campo. No início do torneio, ainda com a dupla campeã mundial no time, a média de gols era baixa: 0,50 por jogo. De lá para cá, uma crescente constante, chegando até a média de 3 gols por partida em outubro.

Olhando apenas nos números de gols, o crescimento também é significativo: oito gols em maio e junho; 12 em julho, 13 em agosto e 15 em setembro; outubro, que ainda não terminou, já são nove gols anotados pelo time do técnico Tite.

A evolução mensal do ataque corinthiano garantiu ao Timão o posto de melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 57 gols marcados em 31 rodadas disputadas até agora. O segundo colocado, Atlético-MG, marcou 54 gols.Evolução do ataque corinthiano

Confira a evolução dos gols nos jogos do Timão

MêsGols marcados
por partida
Gols sofridos
por partida
Total de gols
marcados
Total de gols
sofridos
Jogos no mês
Maio0,500,50224
Junho1,201,20665
Julho1,710,141217
Agosto2,601,201365
Setembro2,141,001577
Outubro3,001,00933

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes