Roberto reconhece dívida com Mano, mas minimiza crise

Roberto reconhece dívida com Mano, mas minimiza crise

Por Meu Timão

Quase um ano após sua saída do Timão, Mano Menezes ainda aguarda o pagamento de seis meses de direitos de imagem

Quase um ano após sua saída do Timão, Mano Menezes ainda aguarda o pagamento de seis meses de direitos de imagem

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Presidente do Corinthians desde fevereiro, Roberto de Andrade admitiu, nesta quinta-feira, que o clube está em dívida com Mano Menezes, treinador do clube na última temporada. De acordo com o dirigente, o Timão está fazendo o possível para quitar o valor com o técnico, e ainda crê que a situação pode ser resolvida longe dos tribunais.

“Não temos acordo nenhum com ele, mas vale lembrar que o Corinthians já ficou devendo alguns meses, mas nunca deixou de pagar nada para ninguém para chegar a este ponto (de ir à Justiça)”, afirmou o cartola.

“Mas o limite é dele, a decisão de ir à Justiça cabe a ele. Sei do esforço que estou fazendo para liquidar todas as pendências, inclusive a que temos com ele”, acrescentou o mandatário.

Mano Menezes deixou o clube do Parque São Jorge após o término do Campeonato Brasileiro de 2014. Seu trabalho levou o Corinthians a disputar a fase preliminar da Copa Libertadores da América. Segundo o comandante, a cúpula alvinegra lhe deve seis meses de direitos de imagem.

“Minha esperança está nos próximos dias. Ficarei muito chateado se tiver que recorrer à Justiça, pela relação que tenho com o Corinthians, por tudo que vivemos juntos, para receber que é meu direito de trabalho. Espero que não precise”, ponderou Mano, em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN Brasil.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes