Tite revela políticas de votação em treinamentos do Corinthians

Tite revela políticas de votação em treinamentos do Corinthians

Técnico Tite se divertiu com curiosidade dos jornalistas nesta sexta-feira

Técnico Tite se divertiu com curiosidade dos jornalistas nesta sexta-feira

Foto: Meu Timão

Anos depois da Democracia Corinthiana, o Timão continua sendo um time democrático. A prova disso foi vista pelos jornalistas na tarde desta sexta-feira, em uma cena curiosa durante o treinamento da equipe alvinegra no CT Joaquim Grava.

Assim que as atividades acabaram, todo o elenco se reuniu no gramado e participaram de uma espécie de votação. O preparador Fábio Mahseredjian fez perguntas e os jogadores levantavam a mão.

A cena deixou os jornalistas, que acompanhavam a atividade de longe, curiosos. Na coletiva, o técnico Tite explicou o fato: os jogadores estavam sendo questionados sobre uma mudança no horário do treinamento da manhã deste sábado.

"O Fábio (Mahseredjian) fez umas perguntas para atender um pedido de mudança de horário do treinamento. Uma vez ele tomou uma decisão e os atletas, corretamente, reclamaram que só tinham falado com um. Hoje, ele chegou e me perguntou se poderíamos jogar para meia hora depois, por causa do horário de verão, e eu disse que sim. Ele disse que preferia ouvir todo mundo primeiro, qual era o horário de preferência e fez a votação", respondeu o técnico, demonstrando bom humor em relação a curiosidade dos jornalistas.

Por votação do elenco alvinegro, então, o treinamento do Corinthians da manhã deste sábado será realizado às 10h e não às 9h30, como era de costume antes da mudança para o horário de verão.

Veja Mais:

  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes