Em 'final antecipada', Corinthians encara o Atlético-MG no Independência

Em 'final antecipada', Corinthians encara o Atlético-MG no Independência

Por Meu Timão

Contra o Atlético-MG, Corinthians busca três pontos no Independência

Contra o Atlético-MG, Corinthians busca três pontos no Independência

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Diante do Atlético-MG e em busca do hexacampeonato, o Corinthians entra em campo no Independência, neste domingo, às 17h. A distância atual entre líder e vice na tabela é de oito pontos, e a partida decisiva pode aumentar a diferença para 11, diminuir para cinco ou até mesmo sete, em caso de empate.

O último treino desta semana preparatória foi realizado na manhã deste sábado, e o técnico Tite confirmou a escalação do meia Rodriguinho na vaga do volante Elias, que cumpre suspensão automática pela terceira advertência com cartões amarelos - recebidos nas partidas diante da Ponte Preta, Santos e Flamengo. Dessa maneira, o Corinthians que deve entrar em campo é formado por: Cássio, Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Jadson, Rodriguinho, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.

Os laterais Fagner e Uendel seguem em tratamento no departamento médico, sem nem aparecerem na lista de relacionados. A grande novidade entre os selecionados foi Bruno Henrique. O volante voltou a ser uma opção para o treinador alvinegro depois de dois meses de recuperação. Rildo e Luciano, no entanto, são os atletas de recuperação mais demorada e previsão de retorno ainda mais distante.

Do lado oposto, o Atlético-MG, em seu último treino antes do confronto importante, teve quatro titulares poupados das atividades: Marcos Rocha, Leonardo Silva, Giovanni Augusto e Luan realizaram apenas trabalhos internos. No entanto, nenhum deles preocupa para a partida.

O técnico Levir Culpi deixou o bom humor de lado e adotou um tom mais contido em sua última coletiva, quando anunciou a provável equipe titular com: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Edcarlos e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Giovanni Augusto e Dátolo; Lucas Pratto.

A escolha da arbitragem do jogo, porém, foi muito contestada durante a semana. O embate será comandado pelo árbitro Heber Roberto Lopes, e auxiliado pelos assistentes Kleber Lucio Gil e Fabricio Vilarinho da Silva. O juiz, no entanto, comandou dois jogos polêmicos em Minas Gerais, que curiosamente favoreceram o Atlético-MG. Além disso, com Heber Roberto no comando, já são cinco anos sem uma vitória do Corinthians.

A Rede Globo transmite a partida decisiva para 11 estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Maranhão, Pará - exceto Santarém -, Amapá, Ceará, Pernambuco - menos Petrolina - e Porto Alegre. A emissora optou pelo jogo no lugar do Grande Prêmio do México de Fórmula 1, que também acontece às 17h.

Veja Mais:

  • Jô, pivô de polêmica nesta semana, está confirmado ante os argentinos

    Em treino na Argentina, Carille 'dribla' falta de energia e ensaia Corinthians com três mudanças

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Apresentadora Renata Fan fez analogia infeliz com polêmica envolvendo Jô

    Renata Fan compara Jô a 'ladrão' e revolta torcida do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes