Em programa de TV, Muricy revela que já foi procurado pelo Timão

Em programa de TV, Muricy revela que já foi procurado pelo Timão

Por Meu Timão

Muricy Ramalho revelou que já foi convidado três vezes para comandar o Timão

Muricy Ramalho revelou que já foi convidado três vezes para comandar o Timão

Foto: Divulgação

Desempregado, o técnico Muricy Ramalho está em alta e sendo procurado por diversos clubes. Nesta terça-feira, ele revelou, que já foi procurado pelo Corinthians três vezes no passado.

Segundo o técnico, o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, o procurou quando comandava o Timão. Mas, em todas as oportunidades ele estava empregado, no São Paulo ou no Internacional, e acabou recusando.

"Andrés já tentou me contratar três vezes. Ele é parceiro. Toda vez que ele queria, eu estava empregado, algumas vezes no São Paulo e outra no Inter. Dificilmente eu rompo contrato, ele sabe, mas eu sou profissional de futebol", revelou Muricy, em entrevista ao programa Boa Tarde, Fox, do canal FoxSports.

"Qualquer treinador gostaria de treinador Corinthians e São Paulo. São times gigantes. É muito pesado dirigir o Corinthians e o São Paulo, tem que ter experiência", completou o professor.

O treinador deixou o São Paulo para cuidar da saúde e depois, já recuperado, aproveitou para viajar para a Europa, estudar e aprimorar seus conhecimentos, no mesmo molde do que o técnico Tite fez no seu período longe do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jogadores da Seleção Brasileira cantando 'Timão Ê Ô'

    VÍDEO: Jogadores da Seleção Brasileira cantando 'Timão Ê Ô'

    ver detalhes
  • Tite concedeu entrevista na Arena nesta segunda-feira

    Tite explica comemoração na Arena Corinthians; Fagner será titular

    ver detalhes
  • Marcelinho Paulista pode voltar ao Timão para comandar cargo na base

    Ex-volante é cotado para assumir gerência da base do Corinthians

    ver detalhes
  • Carlinhos está recuperado de cirurgia no púbis

    Artilheiro da Copinha faz primeiro treino no Corinthians após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes