Roberto de Andrade quebra o protocolo e levanta a taça do Corinthians antes de Ralf

Roberto de Andrade quebra o protocolo e levanta a taça do Corinthians antes de Ralf

Por Meu Timão

6.3 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Entrega da taça foi festa e confusão após massacre na Arena

Entrega da taça foi festa e confusão após massacre na Arena

Foto: Reprodução / TV

Depois de tanta indefinição de quem seria o capitão do hexa, não foi um jogador o primeiro a levantar a taça do Brasileirão. O presidente Roberto de Andrade quebrou o protocolo e ergueu o trofeu antes de entregá-lo para Ralf.

Roberto subiu a palco acompanhado do ex-atacante Ronaldo. Os dois receberam a taça para entregar para o volante que aguardava ao lado. No entanto, o presidente surpreendeu ao levantar ele mesmo e iniciar a comemoração.

Na sequência, ele passou o trofeu para Ralf, enfim, fazer o gesto do capitão. A festa foi completa por uma chuva de papel picado. O Corinthians explicou a atitude do presidente em seu Twitter.

Crachá

Além da peculiaridade na hora de levantar a taça, outra coisa chamou a atenção durante a comemoração. Para acessar a área com o palco, os funcionários da CBF exigiram uma espécie de crachá dos jogadores do Timão que iam receber as medalhas. Alguns, ainda sem crachá, foram barrados.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes