Humilde, Mano Menezes refuta qualquer mérito por hexa do Timão

Humilde, Mano Menezes refuta qualquer mérito por hexa do Timão

Por Meu Timão

Mano Menezes e Tite são os últimos treinadores do Corinthians

Mano Menezes e Tite são os últimos treinadores do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Boa parte dos jogadores que se consagraram campeões brasileiros com o Corinthians neste ano já faziam parte da base do time na temporada passada, quando Mano Menezes comandou o time. Mesmo assim, o treinador foi humilde e tirou qualquer responsabilidade sobre o hexacampeonato.

"Minha parcela de contribuição foi no início de uma remontagem na temporada passada. Esse início de remontagem levou o Corinthians à quarta colocação do Brasileiro e a uma vaga na Libertadores, mas ela se encerrou aí. Se o profissional que chegasse para assumir o trabalho, pensasse de forma completamente diferente, o Corinthians não seria campeão brasileiro. O mérito é de quem está conduzindo o trabalho", declarou o técnico, em entrevista ao UOL Esporte.

Para o treinador, que atualmente comanda o Cruzeiro, Tite tem o mérito de ter conseguido seguir a administração com a mesma visão dele, sem destruir o trabalho que vinha sendo feito.

"É muito fácil destruir um trabalho, basta ter uma visão diferente do anterior, basta não ter competência de administrar um grupo de jogador renomado, o que é mais difícil. Então, o mérito é de quem está lá. Os méritos são do Tite e, por isso, o time está jogando um grande futebol e com essa grande vantagem que dificilmente será destruída", completou.

Mano Menezes não ficou em cima do muro na hora de escolher os destaques do campeonato. O treinador exaltou a qualidade dos seus ex-comandados, Renato Augusto e Jadson.

"Nós temos vários jogadores que se destacaram. O campeonato de 38 rodadas faz com que tenhamos alguns destaques em momentos distintos da competição. No final, vai se considerar aqueles que fizeram de maneira mais efetiva isso em cima dos primeiros colocados, ou do campeão e do vice-campeão, jogadores assim. Talvez possamos apontar dois jogadores do Corinthians que estão muito bem: Jadson e Renato Augusto", ressaltou, sem deixar de falar sobre o volante Elias.

"Eu sempre gostei muito do Elias. Por isso, eu o levei duas vezes para o Corinthians. Na primeira, vindo da Ponte Preta e depois no ano passado de novo. Acho um volante extraordinário, completo", finalizou Mano.

Tite e Mano Menezes são os treinadores mais vitoriosos e que mais estiveram a frente do Corinthians neste século. O primeiro com 340 jogos e o segundo com 250 jogos. São nove títulos juntando os dois treinadores pelo Corinthians, sendo seis conquistados apenas por Tite.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes