Cria da base, Marquinhos fala de sua convivência com Tite em 2012

Cria da base, Marquinhos fala de sua convivência com Tite em 2012

Por Meu Timão

Marquinhos fez apenas 15 jogos com a camisa alvinegra

Marquinhos fez apenas 15 jogos com a camisa alvinegra

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Nesse ano, o torcedor corinthiano acompanhou duas novidades da base no time titular do hexacampeonato, Guilherme Arana e Malcom, renovando as esperanças sobre os meninos do Terrão - até então pouco utilizados. O último jogador revelado pelo Corinthians e a atuar pela Seleção Brasileira, Marquinhos, falou de seu início no Parque São Jorge.

"Foi no Corinthians que tudo começou. Iniciei no salão em 2002 e depois recebi a oportunidade para atuar no campo. Foi o clube em que vivi durante uma década, passando por todas as suas fases, e isso foi muito bom para pegar experiência, inclusive o final glorioso que tive na equipe", disse o jogador, que atualmente está no PSG, em entrevista à ESPN .

O jovem zagueiro também falou de sua experiência com o técnico Tite, que o promoveu em 2012, após a conquista da Copa SP.

"Ele é um profissional acima da média. Um treinador preparado, moderno, e capaz de gerenciar o grupo com maestria e tirar o máximo de cada jogador", destacou o jogador.

Marquinhos sempre foi considerado uma das maiores promessas da base alvinegra. Em 2011, foi capitão da Seleção Brasileira Sub-17 e também conquistou o Mundial de Clubes Sub-17 pelo Corinthians. No ano seguinte, ganhou a Copinha (formando dupla de zaga com Antonio Carlos, que atua no Avaí) e foi inscrito na disputa da Libertadores. Curiosamente ele ganhou a camisa 10 no torneio continental (que era de Adriano na primeira fase).

Logo após a conquista da América, ele foi emprestado para o Roma, em seguida foi comprado pelos italianos e seguiu para o Paris Saint Germain. O zagueiro tem sido constantemente convocado para a Seleção Brasileira e possivelmente será o zagueiro titular na Olimpíadas.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes