Tite revela porque vetou bicho em jogo 'emblemático'

Tite revela porque vetou bicho em jogo 'emblemático'

Por Meu Timão

Tite recusou bicho para vencer Joinville no primeiro turno

Tite recusou bicho para vencer Joinville no primeiro turno

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Alguns torcedores apontam o jogo contra o Joinville, em junho deste ano, como a arrancada para a conquista do hexacampeonato do Corinthians. O que ninguém sabia, pelo menos até a tarde desta terça-feira, é que um fato curioso envolveu esse jogo.

Depois de três jogos sem vitórias, sendo duas derrotas e uma delas para o Palmeiras dentro da Arena, a diretoria corinthiana cogitou pagar o famoso bicho aos jogadores por uma vitória em cima do Joinville. O técnico Tite, no entanto, negou o acordo.

"Teve, quando nós fomos pro jogo contra o Joinville era emblemático. Eu vou até fazer uma confidencia: a direção proporcionou um prêmio pro jogo contra o Joinville. Mas eu pedi que não, porque não jogávamos por dinheiro. Eu pedi pro Edu e o pro Eduardo que não permitissem isso. O prêmio não foi dado e os ganhamos o jogo", revelou o treinador, em entrevista à Rádio Globo.

Do jogo do Joinville, no dia 6 de junho, até a conquista do título do Campeonato Brasileiro, o Corinthians só perdeu o Santos, na Vila Belmiro, e para o Internacional, no Beira Rio.

Veja Mais:

  • Hotel onde a delegação portuguesa está hospedada em São Petersburgo, na Rússia

    Corinthians brinca nas redes sociais com Cristiano Ronaldo hospedado em hotel chamado Corinthia

    ver detalhes
  • Carille tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017

    Permanência de Carille no Corinthians em 2018 não está garantida; entenda o porquê

    ver detalhes
  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes