Tite revela porque vetou bicho em jogo 'emblemático'

Tite revela porque vetou bicho em jogo 'emblemático'

Por Meu Timão

Tite recusou bicho para vencer Joinville no primeiro turno

Tite recusou bicho para vencer Joinville no primeiro turno

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Alguns torcedores apontam o jogo contra o Joinville, em junho deste ano, como a arrancada para a conquista do hexacampeonato do Corinthians. O que ninguém sabia, pelo menos até a tarde desta terça-feira, é que um fato curioso envolveu esse jogo.

Depois de três jogos sem vitórias, sendo duas derrotas e uma delas para o Palmeiras dentro da Arena, a diretoria corinthiana cogitou pagar o famoso bicho aos jogadores por uma vitória em cima do Joinville. O técnico Tite, no entanto, negou o acordo.

"Teve, quando nós fomos pro jogo contra o Joinville era emblemático. Eu vou até fazer uma confidencia: a direção proporcionou um prêmio pro jogo contra o Joinville. Mas eu pedi que não, porque não jogávamos por dinheiro. Eu pedi pro Edu e o pro Eduardo que não permitissem isso. O prêmio não foi dado e os ganhamos o jogo", revelou o treinador, em entrevista à Rádio Globo.

Do jogo do Joinville, no dia 6 de junho, até a conquista do título do Campeonato Brasileiro, o Corinthians só perdeu o Santos, na Vila Belmiro, e para o Internacional, no Beira Rio.

Veja Mais:

  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Jô recordou caso em que foi vítima de ofensa racista com Love na Rússia

    Jô lamenta injúria racial no Nilton Santos e lembra episódio na Rússia

    ver detalhes
  • Reforço do Barcelona, Paulinho foi apresentado à torcida e à imprensa nesta quinta-feira

    Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão

    ver detalhes
  • Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

    Corinthians acerta contratação definitiva de Paulo Roberto, garante diretor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes