Corinthians reduz preço mínimo por Alexandre Pato novamente

Corinthians reduz preço mínimo por Alexandre Pato novamente

Por Meu Timão

Pato pode se reapresentar no dia 6 de janeiro junto com o Timão

Pato pode se reapresentar no dia 6 de janeiro junto com o Timão

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians baixou novamente o preço mínimo pedido para a venda do atacante Alexandre Pato. Em entrevista, o superintendente de futebol, Andrés Sanchez, declarou que o atleta pode ser comprado por 15 milhões de euros.

"O Pato só vai ter definição em janeiro. Por menos de 15 milhões ele não sai. Se vierem com 10 milhões, ele fica. Estou confiante, ele tem mercado. Daqui a pouco, vem um chinês com um Boeing de dinheiro", declarou o dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Inicialmente, o Corinthians tinha pedido 25 milhões de euros por Pato. A pedida já desceu para 20 milhões nas últimas declarações da diretoria e agora caiu novamente.

Na cotação atual, esse valor é equivalente a aproximadamente R$ 65 milhões de reais. O Corinthians é dono de 60% dos direitos econômicos de Pato, então, ficaria com cerca de R$ 39 milhões.

"A China vem com um Boeing, às vezes dois boeings cheios de nota verde. Para a China pagar 7 milhões de euros, 8 milhões de euros por ano para ele, não é nada. São empresas que têm clubes de futebol. E estão concorrendo entre elas", completou Sanchez.

Por enquanto, nenhum Boeing chegou ao Parque São Jorge. Se nenhuma proposta oficial for feita até o começo do ano, no dia 6 de janeiro, Alexandre Pato se reapresenta junto com grupo corinthiano. O atacante embarcará para os Estados Unidos e disputa a pré-temporada.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes