Para presidente do Timão, saída de Fábio Santos foi mais difícil que as de Guerrero e Sheik

9.7 mil visualizações 69 comentários

Por Meu Timão

Antes de se transferir para o México, Fábio Santos foi homenageado na Arena e ovacionado pela Fiel

Antes de se transferir para o México, Fábio Santos foi homenageado na Arena e ovacionado pela Fiel

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Atual campeão brasileiro, o presidente Roberto de Andrade relembrou a trajetória do Corinthians nesta temporada. Segundo o dirigente, ao contrário do que muitos torcedores possam acreditar, a transferência de Fábio Santos para o futebol mexicano foi ainda mais árdua que as saídas de Emerson Sheik e Paolo Guerrero.

“O Fábio Santos, para quem não sabe, era um cara de fundamental importância dentro do clube. Primeiro porque era boa gente, de um caráter formidável e era um líder formidável dentro do vestiário. Eles ficaram muito sentidos, e eu também, na saída do Fábio Santos. Dez vezes mais do que nas saídas de Guerrero e Emerson, pela pessoa que ele é”, elogiou o cartola durante participação no programa Boa Noite FOX.

Remanescente do elenco campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes da Fifa, Fábio Santos tinha contrato com o Corinthians até dezembro de 2015. No entanto, por conta do momento financeiro do Timão, o lateral-esquerdo foi informado pela diretoria de que seu vínculo não deveria ser renovado.

“Mas expliquei a ele que, naquele momento, nós estávamos muito preocupados com os compromissos, e o contrato ia vencer e eu não podia renovar. Como veio a oportunidade de ir para um time legal, eu ficaria com menos dor no coração”, explicou o mandatário, que aceitou a oferta do Cruz Azul (MEX) pelo ex-camisa 6 alvinegro.

Depois da eliminação para o Guaraní (PAR), nas oitavas de final da Libertadores, outros três jogadores deixaram o Parque São Jorge: Petros, Emerson Sheik e Paolo Guerrero – o volante se transferiu para o Real Betis, enquanto a dupla de atacantes não teve seu contrato renovado e acertou com o Flamengo.

Andrade recorda que, após a saída do quarteto, alguns atletas do grupo corinthiano – Cássio, Gil, Ralf, Elias, Danilo, Jadson e Renato Augusto – pediram uma reunião com a direção do clube. “Nós sentamos na sala do Edu (Gaspar) e o Renato falou: 'Presidente, nós estamos preocupados. Se sair mais alguém, como é que vamos fazer? Se for assim, nós vamos brigar para não cair’”, questionou.

“E eu falei que não iria sair mais ninguém e apostei que iam disputar o título. O grupo cresceu. Eu tinha prometido para eles que no próximo mês o dinheiro iria sair, acabou não saindo e tive que me reunir com eles de novo. E eles falaram para não me preocupar e sabiam que eu iria pagá-los”, concluiu.

Veja mais em: Emerson Sheik.

Veja Mais:

  • Vítor Pereira se retratou após declaração polêmica

    Vítor Pereira se retrata e explica declaração sobre medo de demissão no Corinthians

    ver detalhes
  • Róger Guedes na derrota do Corinthians para o Palmeiras

    Corinthians perde uma posição após derrota no Dérbi, mas segue no G4; veja tabela

    ver detalhes
  • Corinthians já iniciou os treinos de olho no jogo com o Atlético-GO

    Corinthians se reapresenta após derrota em Dérbi e inicia preparação para decisão na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o primeiro jogo das quartas de final do Brasileiro Feminino

    Corinthians supera o Real Brasília fora de casa e larga em vantagem nas quartas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians volta a jogar na Neo Química Arena com a partida das quartas de final do Brasileiro

    Corinthians anuncia mudança de jogo decisivo do Brasileiro Feminino para Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Bernard falou sobre a possibilidade de jogar no Corinthians

    Bernard se pronuncia após informações de negociação com o Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Henry

    Ranking: 10671º

    Henry 124 comentários

    @henrybelmont em

    Me incomoda muito a falta de consideração que eu vejo em alguns comentários por aqui por um jogador tão importante na história do Corinthians quanto o Fábio Santos. Sim, nunca foi um craque, mas sempre compensou com muita raça, disposição, tática e até alguns momentos de pura técnica como aquela caneta espetacular contra as Pepas. Chegou com humildade para ser reserva do Roberto Carlos e saiu do clube simplesmente como um dos laterais mais vitoriosos do Timão.

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 423º

    Rafael 3111 comentários

    @rafaellll em

    Para quem critica fortemente o Fabio Santos...nao entende de futebol!
    Ele tinha suas limitações...mais era muito importante para o grupo...era um líder.!

  • Publicidade

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Cleidson

    Ranking: 16º

    Cleidson 27542 comentários

    69º. @cleidson em

    Também acho

  • Foto do perfil de Guilherme

    Ranking: 7º

    Guilherme 42959 comentários

    68º. @guilherme.teixeira.d em

    Eu vou sempre me lembrar do Fábio Santos como um bom jogador, ele tem o meu respeito.

  • Foto do perfil de José

    Ranking: 117º

    José 7034 comentários

    67º. @ricardofiel em

    Esse comentário do presidente só confirma que nem sempre o jagador tem que ter bola pra serr titular, não estou dizendo que o Fabio nunca teve, mais todos nos devemos admitir que nos últimos anos ele era o ponto fraco da nossa defesa, ele ter saido foi a melhor coisa, com todo respeito, mais com a saída dele sobrou espaço pra 2 laterais muito, mais muito mais capacitado do que ele vinha apresentando e ainda provou que vale muito mais um jogador que joga bola do que um que fala bonito, falta diretores e treinadores aprender isso!

  • Foto do perfil de Filipe

    Ranking: 1312º

    Filipe 1288 comentários

    66º. @fizzinho em

    Desculpe quem discordar da minha opinião, mas eu acho FS e Alessandro dois laterais fraquissimos, que deram sorte de pegar times arrumados e conquistar títulos.
    Eu acho que foi melhor para o clube o FS ir embora, porque talvez com ele no time não teríamos sido campeões, pois ele tomava bola nas costas toda hora.
    A quem tem gratidão por ele beleza, respeito, só que ao contrário do que o presidente disse acho que sua saída foi uma das coisas que fez esse título possível.

  • Foto do perfil de Luis

    Ranking: 1155º

    Luis 1429 comentários

    65º. @luis.alemao em

    Os jogadores são bons, quem não vale merda nenhuma, é a diretoria.

    4 anos para nr? Estádio que não acabou?

    Precisou a fiel brigar pra abaixar preços dos ingressos para aumentar arrecadação e publico.

    O consorcio não queria?

    Faz um teste, um, dois jogos, não deu certo volta atrás.

    Deu certissimo, e ai diretoria e consorcio?

    Pato, até agora não conseguiram, vender o cara, sabe o que vai acontecer, vai sair no final do ano de graça

    Alguém duvida?

    O dindim não é deles, #[email protected]% o clube, camabada de #[email protected]% s

  • Foto do perfil de sergio

    Ranking: 6852º

    Sergio 236 comentários

    64º. @titemania em

    Futebol não é só técnica, também é raça e respeito tático como fazia muito bem o Fabio Santos, com ele não tinha bola nas costas dos laterais como acontece ás vezes com os atuais laterais, chegava forte no ataque sem abrir mão da defesa ou seja taticamente era perfeito na posição coisa que muitos deixam a desejar, umas das lideranças do time, fez e ainda pra mim faz muita falta no time, pelo caráter um ídolo sem duvida!

  • Foto do perfil de Diogo

    Ranking: 5599º

    Diogo 307 comentários

    63º. @dioh007 em

    Grande como jogador e como pessoa, ficou marcado no Timão(pelo menos pra mim).

x