Andrés revela salário de trio e diz que rivais choram por não ter 'China na vida deles'

Andrés revela salário de trio e diz que rivais choram por não ter 'China na vida deles'

Por Meu Timão

Andrés Sanchez revelou salários de jogadores que deixaram o Timão

Andrés Sanchez revelou salários de jogadores que deixaram o Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Mesmo afastado do cargo de superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, segue falando pelo clube. Na noite desta terça-feira, o ex-presidente falou sobre o desmanche causado pela China e polemizou: agradeceu aos chineses.

Segundo ele, se os atletas tivessem dito não à China e aos salários milionários, se tornariam um problema no momento de renovação de contrato com o Timão.

"O Corinthians tem que agradecer a China todo mês, todo dia. O Renato Augusto ganhava 450 mil por mês. Ele recusou 3,5 milhões por ano, imagina quanto ele não iria pedir para renovar? O Jadson, que jogou 6 meses bem, ganhava 400 mil. O Vagner Love que todo mundo falava que era ruim também ganhava 450 mil", declarou Andrés, revelando o salário dos jogadores, durante entrevista na Rádio Bandeirantes.

Sanchez ainda afirmou que os rivais estão chorando por não terem sido alvos do mesmo interesse da China.

"Se o Corinthians renova com todos eles, arrebentava com o grupo lá dentro e também com as finanças. O Palmeiras, o São Paulo e o Santos estão chorando porque não tiveram uma China na vida deles. As pessoas precisam ter mais responsabilidade antes de ficar criticando", completou.

Para a China, o Corinthians perdeu quatro jogadores: Ralf, Renato Augusto, Jadson e Gil. Vagner Love, citado acima, foi para o Monaco, da França. O Timão ainda cedeu Edu Dracena para o rival Palmeiras.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes