Edilson prevê ano mais difícil, mas acredita em Tite para superar desmanche

Edilson prevê ano mais difícil, mas acredita em Tite para superar desmanche

Por Meu Timão

Edilson relembra de reformulação de 2015 para projetar 2016

Edilson relembra de reformulação de 2015 para projetar 2016

Foto: Reprodução

Depois de perder seis titulares do time hexacampeão brasileiro e contratar novos reforços, o Corinthians que inicia a disputa do Campeonato Paulista é bem diferente em relação ao que terminou a temporada de 2015. Edilson, no entanto, lembra que o clube também perdeu jogadores importantes no ano passado e mostrou confiança no trabalho de Tite para mais uma vez dar a volta por cima em 2016.

“Mais uma vez passamos por esse momento. Ano passado saíram Sheik, Fábio Santos e todos pensaram que não ia, mas o Corinthians se acertou e chegamos até o título. Acho que esse ano vai ser um pouco mais difícil pela quantidade de jogadores que saíram, mas não tenho duvida que o Tite vai encontrar o caminho certo, a gente vai se encontrar de novo e faremos uma boa Libertadores”, afirmou o lateral direito, em entrevista ao programa Cartão Verde, da TV Cultura, reforçando a qualidade dos novos reforços, mas destacando também que é necessário tempo para os novos atletas se adaptarem ao time.

“Chegar e vestir a camisa do Corinthians é uma pressão muito grande. Eu espero que dê certo porque essas contratações são de jogadores muitos bons também, de alto nível, e que podem render, mas, como o próprio Tite falou, tem que dar tempo para encaixar”, completou.

Lateral destaca transparência da diretoria com salários atrasados

Ainda relembrando a temporada de 2015, Edilson afirmou que a transparência da diretoria na época em que alguns jogadores estavam com salários atrasados foi importante para que a equipe mantivesse o comprometimento e o bom desempenho no Campeonato Brasileiro.

“O Tite nunca interferiu nisso de salários atrasados. Isso foi uma relação de transparência da diretoria que estava entrando na época, no que tinha acontecido antes e eles falaram que iriam colocar tudo em dia. Então acho que a transparência deles e também a gente ter um técnico como o Tite, que nos respeita muito e tem um trabalho excepcional, deu a tranqüilidade pra gente trabalhar mesmo tendo alguns que não estavam em dia”, afirmou Edilson.

Durante a temporada, alguns jogadores ficaram com diretos de imagem atrasados. Mesmo que por muitas vezes a diretoria não tenha cumprido os prazos estipulados para pagamento, os atletas evitavam mostrar insatisfação sempre quando eram questionados sobre o assunto.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes