Tite relembra Clodoaldo ao rechaçar rótulo de ‘volante moderno’

Tite relembra Clodoaldo ao rechaçar rótulo de ‘volante moderno’

Por Meu Timão

Tite explica que volante com mais liberdade para atacar não é algo 'moderno'

Tite explica que volante com mais liberdade para atacar não é algo 'moderno'

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Tite não se prende a padrões para escalar sua equipe, como já mostrou durante todas suas passagens pelo Corinthians. No atual time, o treinador vem adotando o esquema 4-1-4-1, no qual geralmente opta por dois volantes. Ao ser questionado se utiliza um “volante moderno” – referindo-se à liberdade que é dada aos jogadores dessa posição – o técnico diz que o tipo de jogo não pode ser ligado à “modernidade” e lembrou de um jogador que se enquadra nesse estilo há muito tempo.

“Os caras perguntam para mim o que é volante moderno. Aí em falo para eles que em 1970 tinha um cara que jogava como volante, como primeiro - e eu não gosto de usar (esse nome), gosto de usar meio campista - que tinha uma qualidade extraordinária. E eu vibrei muito com o gol contra o Uruguai, com uma bola metida - acho que foi do Tostão, pelo lado esquerdo - com o lado de fora do pé, e ele infiltra a central e faz o gol. Quer dizer, é só voltar um pouquinho no tempo para ver que precisa ter bom jogador, “modernidade” já tinha em 70”, explicou Tite, relembrando o gol marcado por Clodoaldo na semifinal da Copa do Mundo de 1970, vencida pelo Brasil por 3 a 1.

Tite relembrou o lance do ex-jogador antes do clássico entre Corinthians e Santos, disputado neste domingo. Além de defender a Seleção Brasileira, o Campeão Mundial da Copa de 70 jogou no Santos durante 14 anos e até hoje é apontado como um dos melhores volantes de todos os tempos.

Neste ano, Bruno Henrique, que antes costumava ser escalado de segundo volante, assumiu a função de primeiro após a saída de Ralf. No time principal do Alvinegro, ele vez exercendo essa função, enquanto Elias joga na linha de quatro, ao lado de um meia de criação. Os dois, no entanto, tem liberdade para armar jogadas e atacar quando estão com a bola, como o próprio técnico fez questão de explicar em entrevista coletiva concedida nesta semana.

Como Elias está machucado, Tite escalou Willians no clássico deste domingo. No entanto, no time titular quem vem desempenhando função semelhante é Rodriguinho, que é meia de origem, mas que está tendo que contribuir mais na marcação. O jovem Maycon também é opção para o setor e chegou a ser utilizado em alguns jogos desta temporada.

Veja Mais:

  • Carille definiu os jogadores que iniciam o duelo contra a Chapecoense

    Carille saca Clayson, mantém Jadson fora e escala Corinthians para enfrentar Chapecoense

    ver detalhes
  • Danilo volta a ser opção para Carille

    Sem Jadson e com Danilo, Corinthians relaciona 22 jogadores para viagem a Chapecó

    ver detalhes
  • Fiel promete apoio em volta do Corinthians à Arena

    Corinthians divulga nova parcial para jogo contra o Atlético-GO; venda aberta para não-sócios

    ver detalhes
  • Corinthians não deu prazo para retornos de Balbuena e Arana

    Corinthians perde Balbuena e Guilherme Arana por lesões musculares

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes