Tite pede Corinthians 'jogando bem' e prega respeito ao Cerro: 'Adversário direto'

Tite pede Corinthians 'jogando bem' e prega respeito ao Cerro: 'Adversário direto'

Por Meu Timão

2.6 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Tite comandou último treinamento do Timão antes do confronto com Cerro Porteño nesta terça-feira

Tite comandou último treinamento do Timão antes do confronto com Cerro Porteño nesta terça-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda que 100% na Copa Libertadores da América, Tite pretende ver um Corinthians “envolvente” nesta quarta-feira, contra o Cerro Porteño (PAR), no Defensores del Chaco, pela terceira rodada da fase de grupos. Em entrevista coletiva em Assunção, o técnico afirmou que a equipe alvinegra necessita ter uma atuação convincente diante do campeão do Apertura do Campeonato Paraguaio para adquirir confiança.

“Jogar bem, igual o segundo tempo contra o Santos. Manter padrão. Quando oscilar, não oscilar muito. Isso vai dando confiança. Antes é jogar bem. Depois, o resultado, sim, passa a ser um adversário direto. Vencer os dois primeiros jogos nos deixa numa boa condição. Mas é só um início bom. Tem de se confirmar”, explicou o treinador, que definiu a formação titular durante o treino desta terça.

Com seis pontos conquistados em dois jogos, o Timão lidera o Grupo 8 da Libertadores e tem o objetivo de vencer no Defensores del Chaco para encaminhar sua classificação às oitavas de final. O Cerro, por sua vez, vem embalado para o embate dentro de seus domínios, já que derrotou o Cobresal (CHI) na última rodada, por 2 a 1, e figura na segunda colocação da chave.

“É o segundo colocado, o adversário direto, com a qualidade que sabemos que tem. É o líder e o vice-líder se enfrentando”, projetou Tite. “Expectativa alta, estamos em uma sequência importante, com o amargo da derrota, mas com uma lição também”, continuou o comandante corinthiano, se referindo ao revés para o Santos, no fim de semana.

Com força máxima, o provável Timão vai a campo com: Cássio; Fagner, Yago, Felipe e Uendel; Bruno Henrique, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Guilherme e Lucca; André. “O grande desafio da comissão é manter padrão, independentemente de nomes. É mais difícil. A equipe vai ter de rodar, dentro das dificuldades se montar. Mas já dá para ter bom padrão”, disse o técnico. “O aprendizado se dá quando ganha, perde e empata. Esse é um outro momento”, concluiu.

Veja Mais:

  • Carille, alvo de interesse de Al-Hilal, afirmou que a imprensa 'mente demais'

    Associação de jornalistas de São Paulo emite nota de repúdio por declarações de Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Maycon, Júnior DUtra & cia. está na terceira posição no Brasileirão

    Sexta rodada acaba, e Corinthians segue 'nas cabeças' do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes